Carregando...

Vitamina ferro: para que serve e como evitar a falta

Embora muitas pessoas questionem para que serve a vitamina ferro, a verdade é que não se trata de uma vitamina, mas sim de um mineral. O ferro é um elemento essencial que desempenha diversas funções importantes, incluindo a produção de energia, transporte de oxigênio, síntese de DNA e alguns processos enzimáticos. Ao mesmo tempo, pesquisas indicam que a falta de ferro afeta quase um terço da população mundial, causando problemas de saúde como a anemia.

O ponto é que esse problema pode ser evitado através de uma alimentação rica nesse mineral ou utilizando o suplemento de ferro, por exemplo! Saiba para que serve o ferro e como evitar a deficiência de ferro.

O que é o ferro

Trata-se de um mineral abundante na Terra que é essencial a todos os organismos vivos. O ferro participa de uma ampla variedade de processos metabólicos, incluindo transporte de oxigênio, síntese de DNA e transporte de elétrons.

No organismo humano, o ferro está principalmente ligado a proteínas (hemoproteínas) como compostos heme (hemoglobina ou mioglobina) e compostos não heme (enzimas transferrina e ferritina). Sendo assim, o ferro é um componente fundamental do sangue, mais especificamente das hemácias.

Para que serve o ferro

O ferro é um elemento essencial para diversas funções celulares e processos biológicos importantes. Apesar disso, o seu excesso pode ser prejudicial e, estudos relatam que é preciso haver um equilíbrio constante entre a absorção, transporte, armazenamento e utilização de ferro para manter a homeostase desse mineral no corpo.

Os principais benefícios do ferro estão apoiados na capacidade desse mineral alternar entre vários estados de oxidação o que o torna um importante cofator na transferência de elétrons e reações de oxidação-redução. Entre os processos nos quais esse mineral se envolve e as suas diversas funções no organismo, se pode destacar que o ferro serve para:

1. Produzir sangue

Segundo estudos, o ferro é um elemento essencial para a produção de sangue. Cerca de 70% do ferro do corpo está nas células vermelhas do sangue, chamadas de hemoglobina e, também, nas células musculares chamadas mioglobina. Se sabe que a hemoglobina é essencial para a transferência de oxigênio do sangue dos pulmões para os tecidos de todo o corpo. Sendo assim, além do ferro servir para a produção de sangue, esse mineral está envolvido também no transporte de oxigênio para todo o corpo.

2. Ajudar os músculos a armazenar e usar oxigênio

A quantidade de trabalho que os músculos podem realizar dependem do fornecimento de oxigênio ligado à hemoglobina, que por sua vez é formada pelo ferro. É por esse motivo que as manifestações de depleção de ferro afetam diretamente os músculos, diminuindo o conteúdo mitocondrial (organela que produz energia).

Nesse contexto, um estudo avaliou que a tolerância máxima ao exercício foi drasticamente reduzida em indivíduos com anemia ferropriva, pelo fato de transportarem 15% menos oxigênio por pulso do que os indivíduos não anêmicos. Felizmente, o tratamento com suplemento de ferro restaurou as variáveis ​​cardiorrespiratórias e de desempenho dos participantes anêmicos.

3. Apoiar uma gravidez saudável

Estudos expressam que a gestação pode causar um aumento de duas a três vezes nas necessidades de ferro da gestante. Esse aumento não serve apenas para a síntese de hemoglobina da mãe, mas também para fornecer ferro ao feto. Consumir ferro na gravidez é crucial para o crescimento e desenvolvimento neurológico do bebê e, atender aos requerimentos aumentados desse mineral previne o parto prematuro e outros resultados negativos da gestação.

4. Manter os níveis de energia do corpo

O ferro também é constituinte de certas proteínas importantes para o metabolismo energético. Portanto esse mineral está indiretamente relacionado à sensação de energia. Não sem razão, a letargia e apatia são sintomas frequentemente observados em pessoas com anemia ferropriva. Nesse sentido, um estudo verificou que a suplementação de ferro pode estar associada a redução da sensação de fadiga subjetiva.

5. Apoiar o sistema imunológico

As vitaminas estão muito conectadas a imunidade e, por essa razão, algumas pessoas têm dúvidas sobre para que serve a vitamina ferro. Entretanto, apesar de também influenciar a imunidade, o ferro é na verdade um mineral. Segundo estudos, o ferro é um elemento fundamental para o desenvolvimento normal do sistema imunológico e por isso a deficiência de ferro afeta a capacidade do corpo construir uma resposta imune adequada. 

Não é incomum que pessoas com anemia estejam frequentemente resfriadas, pois o ferro é necessário para proliferação e maturação das células imunes, principalmente linfócitos, que estão associados à geração de uma resposta específica à infecções.

6. Manter a função cerebral

Conforme relatado em estudos, o ferro está envolvido em muitos processos fundamentais do cérebro, incluindo transporte de oxigênio, síntese de mielina e síntese e metabolismo de neurotransmissores. Inclusive, a homeostase do ferro é essencial para manter a função cerebral fisiológica normal, enquanto a desregulação da homeostase pode causar neurotoxicidade por meio de diferentes mecanismos. Sendo assim o ferro é um elemento crucial para a manutenção das funções cerebrais.

Tipos de ferro

Existem duas formas de ferro: heme e não heme. As fontes de ferro heme são a hemoglobina e a mioglobina, proveniente de alimentos de origem animal e, o ferro não heme é oriundo de alimentos vegetais como leguminosas e sementes.

O ponto mais relevante de diferença entre o ferro heme e não heme é a biodisponibilidade:

  • o ferro heme é altamente biodisponível (15%-35%) e os fatores dietéticos têm pouco efeito sobre sua absorção;
  • o ferro não heme é pouco biodisponível (2%-20%) e fortemente influenciado pela presença de outros componentes alimentares.

É nesse contexto de biodisponibilidade que a vitamina C entra em cena!

Ferro com vitamina C para que serve

Uma série de fatores dietéticos influenciam a absorção de ferro, especialmente o ferro não heme. Nesse contexto, a vitamina C ajuda a aumentar a absorção de ferro auxiliando a solubilizar esse mineral no duodeno.

Segundo estudos, a vitamina C supera o efeito negativo na absorção de ferro de todos os possíveis inibidores como:

  • fitatos;
  • polifenóis;
  • cálcio;
  • proteínas de produtos lácteos.

Não à toa, diversos estudos demonstram que a combinação de vitamina C com suplemento de ferro é amplamente utilizada na prática médica, especialmente para combater a anemia de forma mais eficaz.

Aproveite e veja também

Sintomas da falta de ferro

A deficiência de ferro é resultado da depleção dos estoques de ferro e/ou ocorre quando a absorção desse mineral não consegue acompanhar (por um período prolongado) as demandas metabólicas de ferro. Nesse cenário, uma das principais consequências da falta de ferro é a anemia ferropriva. No começo, a anemia pode inclusive passar despercebida, no entanto, à medida que o corpo se torna mais deficiente em ferro, os sinais e sintomas se intensificam.

Os principais sintomas da falta de ferro são:

  • fadiga extrema;
  • fraqueza muscular;
  • palidez;
  • batimento cardíaco acelerado ou falta de ar;
  • tontura ou vertigem;
  • mãos e pés frios;
  • unhas fracas e quebradiças;
  • falta de apetite.

Estudos reforçam que a terapia oral com suplemento de ferro é a primeira linha de tratamento na maioria dos casos.

Como evitar a falta de ferro

A forma mais eficaz de evitar a falta de ferro é incluir fontes desse mineral na dieta, todos os dias. Sendo assim, é fundamental comer alimentos ricos em ferro e/ou contar com um suplemento de ferro. E, mais do que isso, incluir também fontes de vitamina C para aumentar a absorção desse mineral. Alimentos como carnes vermelhas, leguminosas, sementes, verduras de folhas escuras e a spirulina são opções ricas em ferro que podem contribuir para evitar a deficiência desse mineral.

No entanto, em alguns casos, é imprescindível contar com suplementos de ferro para evitar anemia, como por exemplo durante a gestação em que as demandas por ferro aumentam expressivamente. Em outras palavras, fornecer ferro apenas por meio dos alimentos não será suficiente. Inclusive, segundo estudos, em casos de anemia estabelecida, a suplementação desse mineral é a única forma de corrigir o problema.

Portanto é fundamental se manter atento aos níveis de ferro do corpo e prover fontes desse mineral todos os dias.

 

Agora você sabe para que serve a vitamina ferro e, já sabe também que o ferro não é uma vitamina, mas sim um mineral que é essencial para a sua saúde e bem estar.

 

Conteúdo escrito por Rafaela Fürst Galvão, nutricionista graduada pela Unisul (CRN-10: 11807) e publicitária graduada pela ESPM-SUL. Desenvolve projetos de comunicação e produção de conteúdo para a área da saúde desde 2016.

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.