Carregando...
Página
15%
OFF
Fosfiber

Fosfiber

a drop of funcionamento do intestino

Uma vida saudável depende de um intestino saudável. Por isso, o Fosfiber combina ingredientes do oceano e da terra para ajudar você na regulação intestinal. Ágar-ágar, spirulina, tamarindo, psyllium, berinjela e frutooligossacarídeos estão presentes na composição.

R$129,00 R$109,65
Menos de R$1,83/dia.
Compra segura
15%
OFF
PSYLLIUM

PSYLLIUM

a drop of bloom your body

O Psyllium é uma fibra solúvel extraída da casca de sementes de uma planta chamada Plantago Ovata. Essa fibra tem a capacidade de aumentar até 20 vezes de tamanho quando entra em contato com outros líquidos, pois apresenta alta absorção de água. É uma excelente opção para quem busca um alimento que auxilia na regulação intestinal e um auxilio para a redução do colesterol sanguíneo.

R$59,00 R$50,15
Menos de R$1,67/dia.
Compra segura
R$201
OFF
OCEAN BOX

OCEAN BOX

a drop of spirulina, chlorella, magnésio marinho, astaxantina vegana, omega 3, cálcio de alga e ágar-ágar

Desfrute de todos os benefícios da nutrição com algas e microalgas. Uma explosão de nutrientes e compostos bioativos que atuam no seu organismo, levando nutrição e proteção de maneira natural e saudável. A Ocean Box agora conta com o reforço de dois incríveis derivados de algas, a Astaxantina, o antioxidante mais poderoso da natureza e o Ômega-3 de Algas, 100% vegetal, puro e sustentável. Uma box criada para aqueles que priorizam uma alimentação de excelência e o máximo cuidado com a saúde e também para compartilhar com toda a família. Pronto para essa experiência?

R$842,10 R$640,44
Compra segura
82%
OFF
HEALTH BOX

HEALTH BOX

a drop of spirulina, chlorella e astaxantina vegana

Spirulina e Chlorella, duas microalgas conhecidas como superfoods devido a sua diversidade nutricional, unidas ao antioxidante mais poderoso da natureza extraído também de microalgas, a astaxantina. Essa combinação oferece ao seu organismo um verdadeiro ciclo saudável. Enquanto às duas microalgas fornecem uma diversidade de nutrientes, a Astaxantina atua como um antioxidante que auxilia o corpo no combate aos radicais livres, que são os causadores de diversos problemas de saúde.

R$396,10 R$313,83
Compra segura
24%
OFF
INTESTINO E SAÚDE ÍNTIMA

INTESTINO E SAÚDE ÍNTIMA

a drop of

A união do She she Comfort ao Fosfiber é uma combinação ideal para quem busca o funcionamento do sistema imune e a regulação intestinal. O She She Comfort foi formulado para melhorar a qualidade de vida e suportar o funcionamento do sistema imune e auxilias na manutenção de mucosas especialmente em mulheres. Já o Fosfiber combina ingredientes do oceano e da terra para ajudar você na regulação intestinal. Ágar-ágar, spirulina, tamarindo, psyllium, berinjela e frutooligossacarídeos estão presentes na composição.

R$228,00 R$179,41
Compra segura
-39%
OFF
SUPER BOX PSYLLIUM com 3 unidades

SUPER BOX PSYLLIUM com 3 unidades

a drop of bloom your body

O Psyllium é uma fibra solúvel extraída da casca de sementes de uma planta chamada Plantago Ovata. Essa fibra tem a capacidade de aumentar até 20 vezes de tamanho quando entra em contato com outros líquidos, pois apresenta alta absorção de água. É uma excelente opção para quem busca um alimento que auxilia na regulação intestinal e um auxilio para a redução dos triglicerídeos.

R$177,00 R$139,92
Compra segura

Suplementos de fibras

Sofre de prisão de ventre e não sabe mais o que fazer para tratar? Temos uma boa notícia: um suplemento de fibras ajuda a combater a constipação, entre outros problemas ligados ao intestino. Atuando como uma espécie de regulador intestinal natural, ele também ajuda na síndrome do intestino irritável, um transtorno capaz de alterar a rotina e gerar, inclusive, problemas emocionais.

Além disso, o suplemento de fibras é ideal para todos porque contém elementos prebióticos, que, muito mais que um remédio natural para prisão de ventre, são considerados reguladores da microbiota intestinal - também chamada de flora intestinal.

A constipação intestinal, assim como outros problemas do intestino, pode vir a ser tão incômoda que é capaz de gerar dor. A alimentação, no entanto, influencia bastante na solução – assim como na causa – desses problemas tão corriqueiros. Por isso, é muito importante aumentar o consumo de fibras, sem esquecer da ingestão correta de água.

Fibras solúveis e insolúveis

As fibras alimentares são agrupadas em duas grandes categorias: fibras solúveis e fibras insolúveis. As fibras solúveis estão presentes em alimentos, como frutas, farelo de aveia, cevada e leguminosas, tais como feijão, lentilha, ervilha e grão de bico. É a fibra solúvel que está relacionada à diminuição do tempo de esvaziamento gástrico, auxiliando na saciedade, além do retardo da absorção da glicose e da redução do colesterol.

Já as fibras insolúveis contribuem para o aumento do volume do bolo fecal e com todos os benefícios já citados do outro tipo de fibra. Elas são encontradas no farelo de trigo, nos cereais integrais e nas hortaliças.

Confira opções que você pode inserir em sua dieta: frutas com casca e bagaço, aveia, mamão, verduras de folhagem escura, sementes de linhaça e de chia. Quem sofre de intestino preso é imprescindível que não deixe de tomar bastante água. O sedentarismo é outro sério empecilho, sendo assim, a prática de exercício uma grande aliada para regulação intestinal.

Por todos esses motivos, o suplemento de fibras é excelente, principalmente para quem ainda precisa fazer muito esforço na hora da evacuação e tem as fezes muito ressecadas e endurecidas – sem falar nos eventuais sangramentos. Ele ajuda a aliviar o excesso de gases, o que ajuda na melhora do humor e a acabar de vez com a irritação.

Parceiro do emagrecimento, o suplemento de fibras também auxilia na diminuição do inchaço da barriga, aquela conhecida sensação de barriga estufada, mesmo quando você come pouco, além de ter ação no controle da diabetes.

Com o uso cotidiano de suplementos para prisão de ventre, você notará a melhora em todo o quadro porque os componentes atuam como repositores da flora intestinal, as fezes ficarão mais macias e fáceis de serem evacuadas e você sentirá maior saciedade.

Quando o seu intestino trabalha bem, é possível observar efeitos positivos no aumento da imunidade, controle do colesterol e da diabetes, além da redução de medidas. E a pele? Ela tende a ficar muito mais bonita.

É importante ressaltar que, persistindo os sintomas, é recomendado procurar um médico para descartar qualquer diagnóstico mais grave no sistema gastrointestinal. Uma consulta ao nutricionista, a fim de adaptar a alimentação, contribuirá com um maior bem-estar e alívio por estar no caminho certo na prevenção desse incômodo tão comum.

Você sabe o que são alimentos prebióticos? E a diferença entre prebiótico e probiótico?

Afinal, o que são alimentos prebióticos? Basicamente, eles não são digeridos pelo nosso organismo, servindo, portanto, como o combustível preferido para os microrganismos do bem que convivem conosco – principalmente as bactérias benéficas que estão em nosso trato gastrointestinal. Isso acontece porque o corpo humano não produz enzimas para essa função, fazendo com que esses alimentos sejam fermentados pela microbiota intestinal, também conhecida por flora. Hoje em dia, há muita atenção na composição desse conjunto de microrganismos habitantes do corpo, já que a relação com os impactos na qualidade da saúde é grande - e os suplementos de fibras são constituídos por alimentos prebióticos.

O que é suplemento vegano?
Os benefícios do suplemento vegano

O que são alimentos prebióticos?

Os alimentos prebióticos servem como combustível para as bactérias benéficas do organismo humano. A flora intestinal desregulada prejudica o sistema imunológico, a regulação da absorção de nutrientes, a síntese de algumas vitaminas importantes, entre outros fatores. A ingestão de alimentos prebióticos contribui para modular significativamente esse conjunto de microrganismos benéficos, já que possibilita aumentar o número de bactérias do bem, garantindo que elas desempenhem o seu trabalho corretamente.

Qual a diferença entre os alimentos prebióticos e probióticos?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os alimentos probióticos são microrganismos vivos que, quando administrados em quantidades apropriadas, conferem benefícios à saúde de seus hospedeiros. No entanto, não basta apenas incluir os microrganismos vivos, é preciso garantir substratos a eles para que se proliferam e continuem desempenhando suas funções de forma otimizada. Para isso, existem os alimentos prebióticos. Mas e os simbióticos? O que são? Esses são considerados uma nova classe de alimentos e oferecem o pacote completo: probióticos e prebióticos em um único item. Porém, atenção: o consumo só pode ser feito com a prescrição de um profissional capacitado!

O que são produtos veganos? Entenda porque consumi-los!
O que são produtos veganos? Entenda porque consumi-los!

Benefícios do consumo de alimentos prebióticos

Os prebióticos não são considerados calóricos e, como visto, servem como combustível para as bactérias benéficas do trato gastrointestinal, promovendo o crescimento e a realização adequada de suas funções. Além disso, entre os principais benefícios, estão:

  • evitar a proliferação de microrganismos patológicos;
  • estimular o funcionamento do trânsito intestinal, contribuindo para o processo de digestão;
  • contribuir para a saúde do intestino, fazendo com que haja maior absorção dos nutrientes;
  • favorecer a diminuição do colesterol plasmático;
  • ajudar na consistência das fezes, prevenindo problemas, como a diarreia e a constipação.

9 alimentos prebióticos para incluir na dieta

Os alimentos prebióticos são substâncias derivadas de carboidratos, incluindo frutooligossacarídeos (FOS), pectina, ligninas e inulina, presentes nas fibras. Confira a seguir a lista de alimentos com essas substâncias abaixo:

Raiz de chicória

A raiz da chicória apresenta cerca de 47% de suas fibras compostas por inulina, uma fibra insolúvel, que não é digerida pelo corpo e serve como alimento para os microrganismos benéficos do cólon.

Psyllium

O psyllium, nome popular da planta Plantago ovata, possui grande quantidade de fibras em sua composição e funciona como prebiótico. Um estudo de 2019 relatou que a sua suplementação alterou significativamente a composição da microbiota dos pacientes em questão.

Alho

O alho tem em sua composição inulina e frutooligossacarídeos, que ajudam a promover a colonização adequada dos microorganismos presentes no trato gastrintestinal, dificultando a reprodução dos maléficos a saúde.

Cebola

Assim como o alho, a cebola também é um alimento prebiótico rico em fibras, especificamente inulina e frutooligossacarídeos.

Banana

A banana madura tem pequenas quantidades de inulina, mas quando consumida verde, apresenta amido resistente na composição, que não é digerido no intestino e funciona como um prebiótico.

Aveia

Os flocos de aveia são ricos na fibra beta-glucana, que também favorece o desenvolvimento das bactérias benéficas do intestino. De quebra, ajudam a reduzir o risco de diversas doenças e a fortalecer a imunidade.

Tamarindo

O tamarindo é uma fruta semelhante a uma vagem e apresenta, em sua composição, amido resistente, que se comporta como uma fibra e age como prebiótico.

Feijão Azuki

As ligninas são fibras prebióticas e estão presentes em quase todas as cascas de leguminosas, como é o caso do feijão azuki. Essas fibras contribuem para o equilíbrio da microbiota intestinal.

Maçã

A pectina está presente na entrecasca dos cítricos, como é o caso da maçã. O consumo ajuda a manter a saúde do intestino e proporciona outros diversos benefícios à saúde.

O que são produtos veganos?