Carregando...

Entenda a importância do ferro na gravidez

Profundas mudanças fisiológicas ocorrem no corpo da mulher durante a gestação para nutrir o feto e preparar a mãe para o trabalho de parto. Entre as alterações mais dramáticas estão os requerimentos de micronutrientes como ácido fólico, vitamina B12 e, principalmente, o ferro. De acordo com pesquisas, a deficiência de ferro é um problema que afeta até 52% das gestantes, pois esse é um mineral muito demandado pelo corpo durante a gestação. 

O suplemento de ferro quelato adequado nessa fase da vida é de extrema importância para uma gestação saudável e para o bom desenvolvimento do bebê. Compreenda a seguir qual a verdadeira importância do ferro na gravidez.

A importância do ferro na gestação

Durante a gestação ocorrem diversas mudanças significativas no corpo da mulher para nutrir e acomodar o feto em desenvolvimento. As alterações anatômicas e fisiológicas ocorrem logo após a concepção e influenciam todos os sistemas orgânicos do corpo. Nesse contexto, ocorre um aumento expressivo do requerimento por vários nutrientes, incluindo o ferro. 

De acordo com estudos, a gestação causa um aumento de duas a três vezes nas necessidades de ferro, não apenas para a síntese de hemoglobina da mãe, mas também para fornecer ao feto e para a produção de certas enzimas.

Não à toa, cerca de 52% das gestantes sofrem com a falta de ferro em função desse aumento de demanda, em conjunto com a ingestão inadequada desse mineral. Esse dado é preocupante, pois muitas mulheres passam a gravidez inteira sem atingir a ingestão mínima necessária de ferro.

O ponto é que o status de ferro materno é um fator crítico para os resultados da gravidez, pois a anemia materna, bem como a deficiência de ferro, aumentam o risco de parto prematuro, baixo peso ao nascer e outras consequências adversas. Ademais, a deficiência de ferro na gravidez é uma das principais causas de anemia em bebês e crianças.

Sendo assim, monitorar os níveis de ferro durante toda a gestação é fundamental! Um dos benefícios do ferro suplementar é repor os estoques desse mineral, garantindo uma gestação saudável, segura e livre de anemia.

Impactos da anemia na gestação

A anemia por deficiência de ferro afeta negativamente o bem-estar materno além de estar associada ao aumento da morbidade fetal. As mães afetadas pela anemia ferropriva frequentemente apresentam:

  • dificuldades respiratórias;
  • desmaios;
  • cansaço;
  • palpitações;
  • dificuldades para dormir;
  • risco aumentado de desenvolver infecção perinatal;
  • risco aumentado para pré-eclâmpsia e sangramento.

Segundo estudos, em relação aos possíveis impactos da anemia ferropriva no bebê destacam-se:

  • comprometimento cognitivo pós-parto;
  • alterações no metabolismo energético no cérebro;
  • defeitos na função dos neurotransmissores;
  • dificuldades comportamentais;
  • retardo de crescimento intrauterino;
  • prematuridade;
  • baixo peso ao nascer;
  • riscos significativos de mortalidade.

De modo geral, bebês com reservas reduzidas de ferro podem experimentar dificuldades de desenvolvimento envolvendo funções cognitivas, socioemocionais e adaptativas.

Ferro baixo na gravidez: quais os sinais?

Os sinais típicos da anemia por deficiência de ferro são causados pela diminuição do fornecimento de oxigênio aos tecidos e podem incluir:

  • palidez;
  • fadiga;
  • apatia;
  • ausência do ganho de peso normal da gravidez;
  • desmaio;
  • falta de ar;
  • dores de cabeça;
  • palpitações cardíacas.

Na prática, a falta de ferro na gravidez reduz a tolerância, a produtividade e a qualidade de vida de maneira geral. Isso pode acarretar em disfunções do sistema imunológico, aumentando os riscos de infecções.

O problema é que a deficiência de ferro se desenvolve lentamente ao longo do tempo e, não é incomum que as gestantes já estejam deficientes em ferro muito antes da concepção. A falta desse mineral muitas vezes não é sintomática ou clinicamente óbvia. Estudos indicam que níveis de ferro sérico abaixo de 12 g/dL para mulheres é considerado anormal e, níveis de hemoglobina inferiores a 11 g/dL em qualquer momento da gravidez são preocupantes.

Aproveite e veja também

Suplementação de ferro na gravidez, quando tomar?

Conforme retratado em estudos, a depleção de ferro é geralmente descrita em três estágios:

  • esgotamento das reservas de ferro;
  • produção de hemoglobina prejudicada (ou deficiência de ferro sem anemia);
  • anemia ferropriva.

O ideal é que as gestantes não ultrapassem o primeiro estágio, portanto é imprescindível avaliar os níveis de ferro desde o início da gestação e monitorá-los periodicamente. Fazendo isso, é possível evitar o esgotamento desse mineral e evitar a anemia ferropriva.

O estado nutricional da gestante é a chave para a prevenção da deficiência de ferro e, na maioria dos casos, os requerimentos de ferro desse período não podem ser supridos apenas por meio de alimentos. Estudos revelam que a ingestão total de ferro durante a gravidez não deve ser inferior a 1000 mg. Sendo assim, a suplementação de ferro na gravidez é uma recomendação comum e, esse recurso deve ser iniciado assim que a anemia por deficiência de ferro for reconhecida.

Estudos reforçam que a suplementação rotineira de ferro é um meio vital para corrigir o problema global da deficiência de ferro e prevenir seus efeitos negativos na gestação. Portanto, o ideal é iniciar a suplementação desse mineral desde antes da concepção, ou o quanto antes. É por essas razões que toda mulher grávida deve contar com um bom suplemento de ferro durante toda a gestação.

Principais fontes de ferro

Há diversos alimentos ricos em ferro que podem contribuir para o aporte desse mineral, como:

➜ Spirulina

A spirulina, uma alga azul, também se destaca como uma fonte rica em ferro, oferecendo aproximadamente 28 mg de ferro por 100 gramas. Além de ferro, ela contém proteínas e outros nutrientes essenciais, podendo ser uma adição valiosa à dieta de gestantes

➜ Carne vermelha

A carne bovina é uma das fontes mais populares de ferro heme. De acordo com dados do USDA, uma porção de 100 gramas de carne contém cerca de 1,7 miligramas (mg) de ferro. No entanto, é imprescindível que mulheres grávidas tomem cuidado com o cozimento da carne, pois carnes mal passadas oferecem grande risco de contaminação bacteriana.

➜ Frango

Em uma porção de 100g de frango, há 1,07 mg de ferro, segundo dados do USDA. É seguro comer frango durante a gestação, no entanto, é necessário que a carne de frango seja cozida na temperatura correta para evitar o consumo de bactérias, como a Listeria por exemplo.

➜ Espinafre

O espinafre é uma excelente fonte de ferro. Em 100 gramas há cerca de 3,57 mg desse mineral, conforme dados do USDA.

➜ Brócolis

Segundo informações da USDA, este vegetal crucífero possui cerca de 0,69 mg de ferro em 100g. Em adição a isso, o brócolis contém uma grande quantidade de vitamina C, que contribui para a absorção de ferro.

Mesmo com fontes alimentares de ferro disponíveis, há evidências convincentes de que as gestantes não conseguem suprir as suas necessidades de ferro apenas com alimentos. É nesse cenário que o suplemento de ferro deve entrar na rotina da gestante como uma das suplementações diárias.

 

Em resumo, a ingestão adequada de ferro é imprescindível para uma gravidez saudável, mas ao mesmo tempo é difícil suprir as demandas desse nutriente apenas por alimentos. Sendo assim, a suplementação de ferro deve ser considerada precocemente, desde antes da concepção, ou pelo menos logo no início da gravidez.

Conteúdo escrito por Rafaela Fürst Galvão, nutricionista graduada pela Unisul (CRN-10: 11807) e publicitária graduada pela ESPM-SUL. Desenvolve projetos de comunicação e produção de conteúdo para a área da saúde desde 2016.

 

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.