Carregando...

Entenda da relação da cúrcuma e pressão alta

Você provavelmente deve conhecer alguém que tem pressão alta, não é? Esta é uma condição cada vez mais comum atualmente. Hoje em dia, além das tradicionais medicações, muitas pessoas buscam maneiras naturais de controlar a pressão alta e, um ingrediente que tem chamado a atenção nas últimas décadas é a Cúrcuma

O extrato de curcuma tem sido alvo de estudos e pesquisas devido aos seus potenciais benefícios terapêuticos, portanto aqui exploraremos a relação entre a cúrcuma e pressão alta, fornecendo informações para quem deseja adotar abordagens naturais para manter a pressão arterial sob controle. Vamos lá?

O que é pressão alta

A pressão alta ou hipertensão arterial, é uma condição em que a pressão sanguínea nas artérias está constantemente elevada. Isso pode sobrecarregar o coração e os vasos sanguíneos, aumentando o risco de doenças cardiovasculares. 

Além das medicações tradicionais, existem diversos recursos terapêuticos naturais e abordagens de estilo de vida que ajudam a controlar a pressão arterial. Mudanças na dieta são essenciais, bem como a prática regular de exercícios físicos e gerenciamento de estresse. 

Cúrcuma e pressão alta

A cúrcuma é uma especiaria que contém um composto ativo chamado curcumina, que possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias já documentadas em estudos. Essas propriedades sugerem um potencial para melhorar a saúde cardiovascular e, por consequência, influenciar a pressão arterial.

Um estudo de meta-análise sugeriu que o consumo de cúrcuma pode melhorar a pressão arterial quando administrado por longos períodos. Um outro estudo que testou o efeito dos curcuminóides presentes na cúrcuma verificou que o seu consumo pode reduzir o risco de hipertensão e doenças cardiovasculares.

Um outro estudo encontrou que 12 semanas de suplementação de curcumina melhoram a resistência e a função endotelial da artéria condutora. Isso é especialmente importante para evitar a pressão alta.

Mesmo com achados positivos, é importante ressaltar que o extrato de cúrcuma pode ser usado como um complemento ao tratamento da hipertensão e nunca como substituição às medicações prescritas pelo médico. O controle da pressão arterial requer uma abordagem abrangente que inclui mudanças na dieta, exercícios, etc.

Quem tem problema de pressão alta pode tomar cúrcuma

A princípio sim, quem tem pressão alta pode consumir cúrcuma. A ideia de que cúrcuma faz mal para pressão alta é mito! 

O extrato de cúrcuma pode ser parte de uma dieta saudável para pessoas com pressão alta, mas é importante consultar um profissional de saúde para garantir que seja seguro e adequado para casos específicos. 

Aproveite e veja também

Como usar cúrcuma para baixar a pressão

O uso da cúrcuma como uma medida para ajudar a baixar a pressão arterial pode ser incorporado de diversas maneiras no dia a dia. Uma opção é adicioná-la como tempero em pratos como sopas, arroz ou legumes. 

No entanto, consumir a cúrcuma como ingrediente na comida não é uma forma precisa de consumir a quantidade mínima necessária para ter efeitos terapêuticos. Em outras palavras, é mais difícil saber quanta curcumina está sendo consumida e se é uma quantidade suficiente para baixar a pressão. 

Por isso, algumas pessoas optam por tomar suplementos de extrato de cúrcuma em cápsulas, que além de ser um formato de consumo mais prático, permite maior controle da quantidade que está sendo consumida. A cúrcuma em cápsulas pode ser consumida com água em qualquer horário do dia conforme as orientações de um profissional de saúde ou de acordo com as instruções do fabricante.

Quais são os efeitos colaterais da cúrcuma

A cúrcuma é geralmente segura quando consumida em quantidades adequadas ou como tempero em pratos culinários. No entanto, em doses muito elevadas, podem ocorrer alguns efeitos colaterais, como: 

  • problemas gastrointestinais;
  • reações alérgicas;
  • interferência na ação de medicamentos.

Nem todas as pessoas que exageram na dose experimentam efeitos colaterais. Mesmo assim, é importante consumir a dose sugerida pelo fabricante ou profissional de saúde.

Em resumo, a cúrcuma é um ingrediente fascinante e pode ser benéfico para quem tem pressão alta ou outras condições de saúde. No entanto, é crucial lembrar que a cúrcuma não deve substituir os tratamentos convencionais para a pressão alta. Incorporar um suplemento de cúrcuma para pressão alta no dia a dia deve ser feito, idealmente, mediante orientação médica. 

Referências

Texto escrito por Rafaela Galvão, graduada em Publicidade e Propaganda pela ESPM-SUL e também em Nutrição pela UNISUL. Desde 2016 trabalha em projetos de comunicação direcionados para a área da saúde.

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.