Carregando...

O que é bom para pressão alta: entenda melhor

A pressão alta, também conhecida por Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), é uma das condições de saúde classificadas por Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT). O termo DCNT é usado para agrupar doenças as quais as causas estão, em sua maioria, atreladas a um estilo de vida pouco saudável, como má alimentação, sedentarismo e estresse crônico.

Para compreender o que é bom para pressão alta, é preciso entender que tanto o diagnóstico, quanto o tratamento, levam em conta os hábitos e estilo de vida do paciente. 

Entenda o que é bom para baixar pressão alta a seguir.

O que é pressão alta?

A pressão alta tem total relação com a saúde cardiovascular, pois o coração é o órgão responsável pelo bombeamento de sangue para todo o corpo. A pressão alta é uma condição em que a força do sangue contra as paredes das artérias é constantemente alta. 

Em outras palavras, podemos comparar o coração e os vasos sanguíneos a uma torneira aberta ligada a uma mangueira com vários esguichos. Ao fecharmos a ponta dos esguichos, a pressão irá subir.

Da mesma maneira, quando o coração bombeia o sangue e os vasos estão estreitos, a pressão dentro dos vasos aumenta, ficando igual ou maior que 14 por 9 (140 mmHg por 90 mmHg). 

Portanto, o que é bom para pressão alta será benéfico, também, para a saúde cardiovascular.

Quais pessoas têm maior risco de ter pressão alta

A pressão alta é uma doença muito comum, especialmente em homens e idosos, sendo um em cada dois idosos portadores de pressão alta. Em menor incidência, pode se desenvolver também em jovens e crianças.

A maioria das pessoas com pressão alta herdou a condição dos pais. Mas, além da parte genética, as pessoas que têm mais chance de desenvolver pressão alta e, portanto, precisam se atentar ao que é bom para pressão alta, são aquelas que lidam com altos níveis de estresse crônico, apresentam excesso de peso, não têm uma alimentação saudável, comem muito sal, não fazem atividade física, e/ou consomem muita bebida alcoólica.

Quais os sintomas da pressão alta

Os sintomas de pressão alta costumam ser silenciosos por muito tempo, aparecendo mais comumente apenas quando a pressão sobe muito. Nestes casos podem ocorrer: 

  • dores no peito;
  • dor de cabeça;
  • tontura e sensação de fraqueza;
  • zumbido no ouvido;
  • visão embaçada;
  • sangramento no nariz.

Se não for tratada, a pressão alta pode piorar e levar à quadros de saúde perigosos, como: derrames cerebrais, infarto, insuficiência cardíaca, angina (dor no peito), insuficiência renal e alterações na visão que podem levar à cegueira. 

A pressão alta é uma doença crônica, que pode ser efetivamente controlada, mas não pode ser curada. Por isso é sempre importante se atentar a o que é bom para pressão alta.

Aproveite e veja também

O que é bom para pressão alta

O tratamento que contempla o que é bom para diminuir a pressão alta deve durar por toda a vida. Além dos remédios para pressão, hábitos de vida saudáveis precisam ser incorporados.

Veja o que é bom para baixar pressão arterial alta:

1. Manter-se em um peso saudável:

A obesidade e o excesso de peso aumentam o risco de pressão alta, de gordura no sangue e de doenças cardíacas. Ao ganhar peso, quem tem pressão alta piora o quadro, pois a passagem do sangue se torna ainda mais dificultosa pelo excesso de gordura. Isso aumenta ainda mais o trabalho e a força que o coração precisa fazer para bombear o sangue através de vasos e artérias. 

Na maioria dos casos, o que é bom para pressão alta é a perda de peso, podendo até fazer parte do tratamento para pressão alta.

2. Praticar exercícios físicos

O exercício físico pode ajudar no controle da pressão alta. Muitas vezes, quem tem pressão alta e começa a fazer exercício, diminui a necessidade de medicamentos. 
Exercícios como caminhar, pedalar, nadar e dançar são os mais indicados para quem tem pressão alta. O ideal é que os exercícios sejam acompanhados por um profissional qualificado e incorporados à rotina no mínimo três vezes por semana.

3. Abandonar o hábito de fumar

Fumar aumenta a pressão exercida pelo sangue e o ritmo das batidas do coração. Além disso, pode piorar a aterosclerose, endurecendo as artérias - o que aumenta o risco de desenvolver um problema cardiovascular. Portanto, o que é bom para pressão alta é abandonar totalmente o fumo. 

4. Evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas

As bebidas alcoólicas possuem etanol, substância tóxica que provoca problemas em órgãos como o cérebro, o coração, o fígado e o pâncreas. Além disso, quem precisa perder peso deve evitar as bebidas alcoólicas, pois elas possuem calorias.

5. Gerencie o estresse

Elevados níveis de estresse crônico podem elevar a pressão. Aprender a gerenciar o estresse identificando as situações que provocam tensão é essencial. Ter momentos de lazer e descanso é muito importante para a saúde de qualquer pessoa e, é preciso saber buscar ajuda profissional quando necessário. 

6. Controle o consumo de sal

O sal é um mineral composto por dois elementos principais: o sódio e o cloro, que se juntam formando o cloreto de sódio. O sódio presente no sal provoca o aumento do volume de sangue pois retém água fazendo aumentar a pressão dentro das artérias. O sódio não está presente apenas no sal de cozinha, mas em vários produtos industrializados que consumo diariamente, como pães, queijos, bolachas, conservas, molhos, temperos prontos, refrigerantes, entre outros. 

Mesmo assim, não é necessário retirar totalmente o sal da alimentação, apenas se esta for a recomendação de seu médico ou nutricionista. Mas, quem tem pressão alta deve diminuir a quantidade de sal adicionado na comida, além dos alimentos que contém muito sódio, limitando a ingestão diária de sódio ao máximo de 2000 mg de sódio ou 5 g (três colheres de café rasas) de sal de cozinha.

7. Cuide da alimentação

Alimentos não recomendados para pressão alta incluem: carne-seca, bacalhau salgado, bacon defumado, manteiga com sal, presunto cozido, linguiça, batata chips, picles, conservas, pizza, azeitona, molho de tomate industrializado, queijos amarelos, salame, salsicha, caldo de carne, de galinha ou de vegetais, temperos prontos, sopas desidratadas, bicarbonato de sódio, glutamato monossódico, ciclamato de sódio e sacarina sódica (adoçantes), chá mate, chá verde, guaraná natural e refrigerantes a base de cola.

O que é bom para pressão alta é o consumo de potássio, um mineral que ajuda no controle de pressão alta. Os alimentos ricos em potássio aumentam a elasticidade dos vasos e artérias sanguíneas, ajudando a controlar a pressão alta. 

Alimentos bons para pressão alta: vegetais, frutas, cereais integrais, leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, grão-de-bico e soja), gergelim, amêndoas, avelãs, castanha de caju, castanha-do-Pará, água de coco, chocolate amargo, batata inglesa, batata doce, milho verde, cenoura, beterraba.

8. Suplemente se necessário

Como complemento ao tratamento, os suplementos alimentares podem trazer ótimos resultados. Um deles é o  magnésio dimalato, cuja atuação, segundo um estudo, induz a vasodilatação, melhorando a pressão alta

Outro suplemento bastante estudado no contexto da pressão alta é a Coenzima Q10. De acordo com um estudo, o tratamento com a coenzima Q10 pode reduzir a pressão arterial de pacientes com pressão alta.

Além dos recursos terapêuticos tradicionais, a chave de o que é bom para pressão alta está na mudança no estilo de vida! Lembre-se de que pequenas mudanças podem fazer uma grande diferença quando se trata de diminuir a pressão alta. Portanto, busque o equilíbrio e adote hábitos saudáveis para proteger a sua saúde e bem-estar a longo prazo. 

Referências

Artigo escrito por Joana Mazzochi, formada em Administração Empresarial pela UDESC e em Nutrição pela UNIVALI (CRN-10/10934). Além de produzir conteúdo sobre nutrição e saúde, atende pacientes que desejam melhorar a relação com a alimentação.

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.