Carregando...

Descubra os benefícios dos alimentos diuréticos

Você já teve a sensação de que seu corpo estava inchado? Isso pode acontecer após um dia de alto consumo calórico. Mas, também pode ser um efeito do uso de alguns tipos de medicamentos, de maus hábitos alimentares ou, até, de alguma condição de saúde, como hipertensão ou insuficiência renal.

Se você sofre com a retenção hídrica, existem alguns hábitos que podem ser adotados, como a inclusão de alimentos diuréticos no dia-a-dia. Entenda a seguir sobre a diurese e os benefícios dos alimentos que são diuréticos.

O que são alimentos diuréticos?

Para entender o que é o alimento diurético, primeiro precisamos entender o que é a diurese e porque ela é tão importante para combater o inchaço.

O termo “diurético” é usado para definir qualquer substância, seja ela encontrada em um alimento, seja encontrada em um medicamento, que aumente o fluxo de urina e, portanto, a excreção de água do organismo. Os rins desempenham um papel fundamental na regulação do volume de líquido do corpo, ajustando conforme a excreção de sódio e água na urina.

Os alimentos diuréticos auxiliam na redução do excesso de água retida que causa o inchaço no corpo, por meio da diminuição da reabsorção de sódio nos rins e, consequentemente, maior perda de água pela urina.

Por isso, o consumo de sódio em excesso, assim como problemas nos rins, levam à maior retenção de água no organismo, o que leva ao inchaço. Já o consumo de alimentos diuréticos atuam de forma oposta, eles exercem ação nos rins, aumentando a eliminação da água retida por meio da urina.

Benefícios dos alimentos diuréticos para a saúde

Conheça abaixo os principais benefícios dos alimentos diuréticos:

1. Reduz o inchaço

Após um período de maior consumo alimentar, como feriados e festas de fim de ano, é comum que o inchaço apareça. Esse inchaço, nada mais é, do que o acúmulo de água no organismo.

Segundo um estudo de revisão publicado no Sage Journals, o uso de substâncias diuréticas estimula os rins a aumentarem o sódio urinário e, consequentemente, eliminarem mais água na urina. Portanto, nesses casos, fazer uso de alimentos diuréticos para eliminar líquidos auxilia a reduzir o inchaço e promove a sensação de leveza e bem-estar.

2. Melhora a circulação sanguínea

De acordo com esse mesmo estudo, devido ao seu papel na eliminação do sódio e líquidos do organismo, por meio da maior excreção urinária, o uso de alimentos diuréticos também favorece a circulação sanguínea. Isso ocorre, porque a eliminação dos excessos também reduz a quantidade de líquido presente na corrente sanguínea, melhorando o fluxo do sangue e, inclusive, a pressão arterial também cai. 

Outro componente que demonstra benefícios para a melhora da circulação sanguínea e, portanto, pode auxiliar na diurese é o Magnésio. Segundo estudo de revisão publicado na revista High Blood Pressure Cardiovascular Prevention, o uso de magnésio mostrou eficácia na melhora da parede dos vasos, auxiliando na passagem do sangue e no controle da pressão arterial.

Outro estudo demonstrou os efeitos da suplementação de Magnésio na redução significativa da pressão arterial em adultos, indicando o efeito do Magnésio na saúde vascular e controle da pressão arterial.

3. Auxilia no controle da pressão arterial

A hipertensão ocorre quando a pressão que o sangue exerce nos vasos sanguíneos é muito forte, o que irá exigir maior atividade do coração e poderá resultar em lesões nas paredes dos vasos, incluindo seu rompimento. 

Devido ao seu papel na eliminação do excesso de sódio e água do organismo, os alimentos diuréticos também são aliados no controle da pressão arterial, pois auxiliam na redução da pressão interna dos vasos por meio da redução de líquido no sangue.

Um estudo indica que os diuréticos reduzem efetivamente a pressão arterial em pacientes hipertensos, além de reduzir o risco cardiovascular em quem apresenta pressão alta. Outro artigo reafirma a eficácia do uso de diuréticos no tratamento de hipertensão há mais de 40 anos.

4. Auxilia no tratamento de insuficiência renal e cardíaca

Além de auxiliar no controle da pressão, os medicamentos e alimentos com efeito diurético também podem auxiliar no tratamento de insuficiência renal e cardíaca. Segundo estudos *, os diuréticos intensificam o fluxo urinário e favorecem a eliminação do sódio, responsável por casos de pressão alta e insuficiência renal. 

Portanto, diuréticos podem ser usados para auxiliar no tratamento da hipertensão e insuficiência renal e cardíaca, pois ajudam na eliminação de sódio e contribuem para regulação da pressão arterial.

Alimentos diuréticos auxiliam no emagrecimento?

Os alimentos diuréticos possuem um importante papel na eliminação de líquidos do organismo, o que causa o desinchaço do corpo. Esse desinchaço contribui para a estética daqueles que buscam o emagrecimento, pois reduzem o peso corporal, dando ao corpo menor volume e um aspecto mais “sequinho”.

Porém, apesar dos alimentos diuréticos auxiliarem na perda de peso, eles não promovem o emagrecimento.

Entenda a diferença: a perda de peso, causada pela ação dos alimentos diuréticos, diz respeito à eliminação de líquidos do organismo. Já o emagrecimento, diz respeito à redução de gordura corporal. Portanto, o consumo de alimentos diuréticos não leva à perda de gordura corporal, apenas de líquidos. 

Isso não significa que alimentos diuréticos não podem ser incluídos dentro de uma dieta de emagrecimento, pelo contrário, eles são super saudáveis e bem-vindos, porém precisam estar dentro de um plano alimentar específico para promover o emagrecimento.

  • lipogênese: formação de gordura que será armazenada no fígado e no tecido adiposo;
  • lipólise: quebra da gordura;
  • β-oxidação lipídica: queima de gordura.

Aproveite e veja também

Quais são os alimentos diuréticos?

Confira os principais alimentos diuréticos para incluir na sua alimentação:

1. Água:

Pode parecer contraditório, mas, se você busca eliminar mais água do seu organismo, é necessário que consuma a quantidade correta diariamente. Isso porque, se seu corpo não está recebendo água através da sua alimentação, ele dará um jeito de reter ainda mais no seu organismo, para que não falte. 

A quantidade correta equivale a 35 ml x seu peso. Por exemplo, se você pesa 63 kg, será 63 x 35 = 2.2 litros de água por dia

2. Chás diuréticos

Alguns chás com poder diurético, são: cavalinha, verde, hibiscus e salsinha. Você também pode misturar ou comprar blends prontos. Apesar das ótimas propriedades que o chá apresenta, ele não substitui a água, portanto inclua ambos no seu dia a dia.

3. Frutas

Algumas frutas são alimentos diuréticos importantes para o dia a dia, como abacaxi, melancia, limão e melão. Elas possuem alto teor de água, além de diversos nutrientes importantes, o que auxilia na eliminação de água pelos rins.

4. Vegetais

Pepino, folhosos verdes e cenoura, também são alimentos diuréticos super saudáveis para serem incluídos na rotina. 

Como incorporar os alimentos diuréticos na rotina?

Os alimentos diuréticos podem ser incluídos ao longo do dia nas suas refeições. Veja um exemplo de como fracionar esses alimentos ao longo do dia:

CSS Selectors
Refeição: Alimentos diuréticos para incluir:
Café da manhã

Suco diurético de abacaxi com pepino e couve

Almoço

Folhosos verdes e suco de limão sem açúcar

Lanche da tarde

Chá de cavalinha

Jantar

Salada de cenoura ralada e pepino em cubos

Ao longo do dia

Água

Cuidados no consumo dos alimentos diuréticos

Apesar dos benefícios dos alimentos diuréticos, seu uso indiscriminado pode trazer sérios malefícios ao organismo. Algumas das complicações de saúde induzidas pelo excesso de diuréticos, envolvem: sobrecarga renal e desregulação de nutrientes no corpo, como sódio, cálcio e magnésio.

Alimentos diuréticos são aliados na perda de peso e regulação da pressão sanguínea, porém, seu excesso pode acarretar problemas à saúde. Portanto, é recomendado consultar um médico para avaliar a inclusão de diuréticos.

Referências

Texto escrito por Joana Mazzochi, formada em Administração Empresarial pela UDESC e em Nutrição pela UNIVALI (CRN-10/10934). Além de produzir conteúdo sobre nutrição e saúde, atende pacientes que desejam melhorar a relação com a alimentação.

 

Texto revisado por Rafaela Fürst Galvão, nutricionista graduada pela Unisul (CRN-10: 11807) e publicitária graduada pela ESPM-SUL. Desenvolve projetos de comunicação e produção de conteúdo para a área da saúde desde 2016.

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.