Carregando...

Tratamento natural para menopausa: conheça os 5 melhores

O tratamento natural para menopausa é o desejo de muitas mulheres. Isso porque, a terapia de reposição hormonal (TRH), usualmente indicada para o controle dos sinais e sintomas desse período, apresenta efeitos indesejáveis. Embora seja um acontecimento natural, as ondas de calor, assim como as alterações no sono, na libido e no humor, características da menopausa, são consideradas desafiadoras e incômodas por muitas mulheres maduras.

Para o controle de tudo isso, alguns cuidados específicos são necessários - e eles podem ser realizados sem o uso de medicamentos - através, por exemplo, do consumo de soja, suplementos vitamínicos,  magnésio ou de maca peruana, entre outros. Mas para que você entenda melhor os tipos de tratamento natural para menopausa, continue acompanhando nosso conteúdo.

O que é a menopausa?

Menopausa é o termo comumente empregado de forma equivocada para climatério. Na verdade, a menopausa se refere à última menstruação de uma mulher, ocorrendo, geralmente, por volta dos 50 anos de idade.

O climatério, por sua vez, é o período de transição da fase fértil para a não reprodutiva, em que há uma diminuição das funções ovarianas, fazendo com que os ciclos menstruais se tornem irregulares, até cessarem por completo.

Em decorrência disso, também há queda de hormônios ovarianos, como o estrogênio e a progesterona, conforme relatado em um artigo publicado na Revista Brasileira de Análises Clínicas.

O climatério começa, em média, aos 40 anos de idade e pode se estender até os 65 anos. É uma fase bastante delicada de mudanças no corpo, que não gera apenas incertezas, mas também incômodos físicos difíceis de conviver.

Quais são os sintomas da menopausa?

O climatério e a menopausa não são doenças e, sim, ocorrências naturais do ciclo de vida das mulheres. Nem todas apresentarão sintomas no decorrer desse período. A seguir, apresentaremos 5 mais comuns:

1. Ondas de calor

As ondas de calor, também chamadas de “fogachos”, surgem devido a desregulação do mecanismo de controle térmico, possivelmente causado por diminuições dos níveis circulantes do hormônio estrogênio.

2. Mudanças na libido

A libido baixa ou falta de desejo sexual é uma das principais queixas das mulheres durante o climatério. Isso está relacionado com a queda de testosterona e também de estrogênio, que torna menor a lubrificação vaginal e pode levar até a atrofia.

3. Rarefação óssea

O pico da massa óssea feminina é alcançado ao redor dos 30 anos de idade e, a partir daí, apenas decai. Atingido o climatério, a perda anual aumenta ainda mais, correndo risco maior de desenvolvimento de osteoporose, por exemplo.

4. Mudanças de humor

A Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos (ABRATA) destaca que alterações do humor, como tristeza, angústia, crises de choro e irritabilidade são sintomas comuns do início do climatério.

5. Alterações no sono

A insônia aumenta naturalmente com o passar da idade, principalmente nas mulheres durante a fase do climatério, já que o desequilíbrio hormonal as torna vulneráveis à depressão e às ondas de calor, por exemplo.

Tratamento natural para a menopausa

O estudo “Derivados Vegetais Similares a Estrógenos (DVSE) no Tratamento dos Sintomas do Climatério” destacou algumas espécies vegetais com substâncias interessantes para o tratamento dos sintomas do período.

Os registros foram baseados em evidências clínicas que consideraram a eficácia e a segurança da soja (Glycine max), cimicífuga (Cimicifuga racemosa) e trevo-dos-prados (Trifolium pratense). Saiba mais sobre o estudo a seguir:

1. Consumo de soja (glycine max)

Evidências sinalizam que o maior consumo de fitoestrógenos encontrados na soja está associado à menor prevalência de osteoporose, através da prevenção da reabsorção óssea e aumento da densidade.

2. Tomar chá de cimicifuga (cimicifuga racemosa)

Popularmente conhecida como erva-de-são-cristóvão. Entre suas ações estão a diminuição dos fogachos e o declínio dos níveis de ansiedade, depressão, cefaleia, distúrbios do sono e vertigens. Além disso, ajuda a melhorar a atrofia vaginal, característica do climatério.

3. Usar trevo-dos-pratos (trifolium pratense) como fitoterápico

É considerado um fitoterápico utilizado por mulheres na menopausa para o alívio das ondas de calor e também para a prevenção da osteoporose.

4. Suplementar magnésio

Um estudo para avaliar a suplementação de hidróxido de magnésio e a densidade óssea em mulheres que passaram pela menopausa, observou no grupo teste que ele ajuda a prevenir fraturas e aumentar a densidade óssea.

5. Maca Peruana

Um estudo realizado para examinar os efeitos da maca peruana (Lepidium meyenii Walp.) nos sintomas de mulheres na pós-menopausa, revelou que ela auxilia a reduzir significativamente os sintomas de ansiedade, depressão e disfunção sexual.

Ainda, o Ministério da Saúde orienta algumas medidas para contribuir com a saúde da mulher, tendo, assim, uma melhoria da qualidade de vida e prevenção de doenças mais comuns no período de climatério, como câncer de mama e osteoporose. Veja:

  • beber bastante água, principalmente após exercícios físicos;
  • usar roupas leves e procurar ambiente fresco e ventilado;
  • praticar exercícios leves regularmente (caminhada, natação e dança ajudam a fortalecer os músculos);
  • evitar fumo, álcool ou outras drogas;
  • fazer refeições mais leves e mais frequentemente;
  • tomar sol.

Qual o melhor chá para menopausa?

Uma das alternativas de tratamento natural pode ser o consumo de chás. Uma planta estudada no assunto é a Morus Nigra, popularmente conhecida como amora negra. Estudos evidenciaram a redução dos sintomas da menopausa, possibilitando uma melhora na qualidade do sono, capacidade funcional, saúde mental e, principalmente, na intensidade das ondas de calor e menor perda de libido.

Também há evidências sobre os benefícios de outras plantas, já mencionadas acima para o tratamento natural para menopausa: Cimicifuga racemosa e Trifolium pratense.

Aproveite e veja também

Conteúdo escrito por Suelen Costa. Nutricionista graduada pela Universidade Federal de Pelotas e pós-graduanda em Nutrição Funcional.

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.