Carregando...
Página
20%
OFF

SPIRULINA

a drop of a drop of nutrition

Spirulina, também chamada de poderosa alga-azul, é ideal para quem busca mais nutrição no dia a dia. Esse superalimento é 100% natural e já recebeu o título de ‘O Melhor Alimento para o Futuro’ pela Organização Mundial da Saúde devido sua riqueza nutricional extremamente abundante, que fornece uma grande diversidade de benefícios.

R$99,00 R$79,20
Menos de R$1,32/dia.
Compra segura

Suplementos para emagrecer

Se você está cansado de dietas sem sucesso e passa o dia sem energia, o ideal é aliar os alimentos consumidos no cardápio com o melhor suplemento para auxiliar no seu processo de emagrecimento. É isto que significa reeducação alimentar: aprender a equilibrar nutrientes, alimentos, flexibilidade e suplementos, se necessário. A possibilidade de você comer tudo aquilo que gosta não deve estar fora de vista, afinal, uma vida com bem-estar envolve compromissos sociais – e os mais significativos e divertidos costumam envolver comida e bebida. A palavra para o controle de peso com saúde é equilíbrio! Com inteligência, não é preciso abrir mão do prazer para estar dentro do peso ideal. Os suplementos naturais para emagrecer são nutritivos e eficientes, já que auxiliam no emagrecimento saudável e na reposição que as restrições estabelecidas possam acabar refletindo. Quem não deseja beleza e saúde? Para isso, é possível contar com um suplemento emagrecedor que não impacte nas defesas do corpo e contenha mais elementos químicos do que nutrientes. As opções do mercado são inúmeras, incluindo shakes, pílulas pré-treino, emagrecedores naturais, diuréticos naturais e bloqueadores de carboidratos. É imprescindível, no entanto, que você não perca de vista a importância de escolher uma marca séria. Quanto o assunto é emagrecimento, marcas que foram testadas e aprovadas – pelo consumidor e por órgãos responsáveis – representam segurança. No mais, nutra-se de informações fidedignas sobre os alimentos, suas propriedades nutricionais e as novidades científicas. Acate dicas de profissionais e procure novas opções de modalidades de atividades físicas que possam promover qualidade de vida.

Suplementos para emagrecer
Como emagrecer com saúde?

Como emagrecer com saúde?

Para perder peso, não há segredo: é preciso que o corpo gaste mais calorias do que recebe. É por esse motivo que, para chegar ao peso ideal, é recomendado praticar exercícios físicos e administrar o consumo alimentar, preferindo sempre opções menos calóricas. É importante que todas as mudanças sejam feitas de maneira gradual e com um cardápio saudável e variado. Fato é, que nosso corpo precisa de alimentos com proteínas, carboidratos, lipídios, vitaminas e minerais. Quando optamos por alimentos naturais – ou seja, tudo o que é encontrado na feira livre – já estamos fazendo um bem enorme ao nosso organismo e contribuindo para uma dieta saudável para emagrecer. No entanto, entre as dicas de como emagrecer com saúde também podem estar - sim - otimizadores do processo para conquistar resultados eficientes. Os suplementos para emagrecer, assim como os inibidores de apetite naturais e as 21 dicas para o emagrecimento baseadas em evidências científicas, contidos aqui, poderão facilitar o seu processo. Incrível, não é mesmo?

21 dicas para emagrecer

Beba água

Nosso corpo é composto por cerca de 70% de água e, por isso, ela é importante para todos os processos que ocorrem no organismo. Não é novidade, portanto, que a água faz bem para a saúde, certo? Mas você sabia que esse líquido também ajuda no emagrecimento? Um estudo de 2007 avaliou o consumo de 500 ml de água em homens e percebeu que os pacientes aumentaram o gasto de energia em 30% dentro de 10 minutos, atingindo o máximo após 30-40 minutos.

Coma ovos

Deliciosos e extremamente fáceis de incorporar em qualquer preparação, os ovos podem ser consumidos tanto sozinhos – cozidos ou mexidos – como em crepiocas, panquecas funcionais, entre outras receitas. Um estudo mostrou que substituir um café da manhã à base de farinha refinada por ovos estimula a saciedade e reduz significativamente a ingestão de alimentos a curto prazo. Isso se dá porque o ovo é rico em proteínas e gorduras boas, que oferecem saciedade, diferente do pão branco, por exemplo

Tome café ou Ándale! Ándale!

O café é uma bebida produzida a partir dos grãos torrados do fruto do cafeeiro. No Brasil, está em segundo lugar entre as bebidas mais consumidas e apresenta uma composição rica em nutrientes e compostos funcionais. A cafeína – principal composto ativo do café – contribui com a redução da fadiga, melhora da concentração e agilidade mental. Além disso, oferece aumento da resistência física e acentuação dos processos termogênicos. Por esses motivos, o café pode ser utilizado como uma estratégia para o emagrecimento. O Ándale! Ándale! é a versão mais potente de café da Ocean Drop.

Beba chá-verde ou matchá

Se você não gosta de café, uma boa opção é consumir chá-verde ou matchá. Esses chás podem ser preparados tanto quentes quanto frios, sendo ótimos para o verão e para o inverno. Assim como o café, o chá-verde e o matchá apresentam cafeína na composição. Ainda, eles contêm catequinas, que são antioxidantes. Um estudo publicado no International Journal of Obesity indicou que essa interação ajuda a aumentar e prolongar a termogênese, podendo ser valiosa para auxiliar no controle da obesidade

Consuma psyllium

O psyllium é uma fibra solúvel que, quando entra em contato com a água, é capaz de aumentar até 20 vezes de tamanho no estômago, podendo ser incluído em preparações para aumentar a plenitude estomacal. Um estudo de 2016 avaliou os efeitos de saciedade do psyllium em voluntários saudáveis e, como resultado, observou que a suplementação com a fibra contribuiu para proporcionar maior saciedade, assim como menor fome entre as refeições.

Corte o açúcar adicionado

A maioria dos alimentos industrializados estão repletos de açúcar – e esse é um dos piores ingredientes da modernidade. Ele pode aparecer disfarçado em diversos nomes, como sacarose, frutose e maltodextrina. Se você deseja perder peso, é indicado cortar alimentos com açúcar adicionado. Estudos mostram que o consumo de xarope de milho com alto teor de frutose, por exemplo, está fortemente associado a um risco maior de obesidade, bem como diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares.

Coma menos carboidratos refinados

Os carboidratos refinados, incluindo arroz branco, macarrão branco, pão branco, biscoitos, bolachas e bolos, apresentam açúcar e grãos que foram separados de suas partes fibrosas e nutritivas. Estudos mostram que, devido a essa composição, os carboidratos refinados podem aumentar o açúcar no sangue rapidamente, levando à fome de forma mais rápida também. Portanto, para emagrecer de forma saudável, é recomendado restringir o consumo dos carboidratos refinados.

Faça um diário alimentar

Às vezes pensamos que estamos nos alimentando bem, quando, na verdade, a realidade não é essa. Anotar o que é consumido no dia é uma forma de modificar e controlar os hábitos para o emagrecimento saudável. Quando registramos tudo o que ingerimos, é possível acompanhar de perto o consumo diário para, assim, tomar decisões mais inteligentes na hora de escolher os alimentos, tendo mais controle da quantidade e qualidade deles. Desse modo, fazer um diário alimentar entra na lista de dicas para emagrecer!

Consuma alimentos probióticos

Alimentos probióticos são constituídos por bactérias vivas que, quando administradas em quantidades ideais, podem conferir benefícios à saúde de quem consome. O Flora Florida da Ocean Drop é um exemplo de suplemento probiótico em cápsulas, seguro e prático para o consumo. Além disso, são exemplos de alimentos probióticos: os iogurtes fermentados, o kefir e a kombucha. Um estudo indicou que o uso de suplementos contendo bactérias da subfamília Lactobacillus demonstrou reduzir a massa gorda dos pacientes do grupo teste.

Coma alimentos picantes

A capsaicina, presente nos mais diversos tipos de pimenta, é um composto que confere picância ao alimento e pode impulsionar o metabolismo a reduzir o apetite e a gastar mais calorias. Uma revisão ressaltou que a inclusão proposital de capsaicina na dieta pode auxiliar no controle do peso. A boa notícia é que o nosso Ándale! Ándale! contém uma boa quantidade de pimenta na composição!

Faça exercícios aeróbicos

Esses exercícios podem ser feitos até mesmo em casa, subindo e descendo escadas ou dançando em frente à TV, por exemplo. Eles são excelentes para aumentar a resistência física e queimar calorias. Os exercícios aeróbicos estimulam a circulação, o funcionamento do pulmão e do coração e trabalham muitos grupos musculares. Estudos relatam que são necessários exercícios aeróbicos, como caminhada rápida e corrida leve, para a redução da gordura visceral, mais perigosa do que a gordura subcutânea

Pratique musculação

Entre os efeitos colaterais da dieta estão a perda muscular e a desaceleração metabólica. A melhor maneira de evitar que isso aconteça é fazendo algum tipo de exercício de resistência, como a musculação. Estudos mostram que o levantamento de peso pode ajudar a manter o metabolismo alto e evitar a perda de músculos. Afinal, além de perder gordura, todo mundo deseja construir massa muscular. O exercício de resistência é fundamental para um corpo tonificado.

Consuma frutas e vegetais

Esses alimentos possuem diversas propriedades que os tornam aliados para a perda de peso, pois, ao mesmo tempo que contêm poucas calorias, possuem muitas fibras. Além disso, as frutas e vegetais são muito nutritivos e comê-los é importante para a saúde. Alface, rúcula, agrião, couve, acelga, abacate, abacaxi, ameixa fresca, ameixa seca, amora, banana, caju, cereja fresca e coco são exemplos ricos em fibras que entram para a lista de dicas para emagrecer.

Durma bem

O sono é altamente subestimado, mas é tão significativo quanto uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos. Ele é uma importante função fisiológica, assim como comer e beber água. Dormir mal é um dos fatores de risco mais fortes para a elevação de peso. Estudos mostram um aumento consistente no risco de obesidade entre pessoas que dormem pouco, sendo crianças ou adultos. Caso você apresente dificuldades para ter uma noite de sono com quantidade e qualidade de horas, experimente o ZZZ...ZZZ - o Blend do Sono da Ocean Drop.

Saiba reconhecer sua fome real

Pode parecer uma pergunta boba, mas você já parou para pensar que, muitas vezes, comemos por emoções? Isso mesmo! Nos alimentamos mesmo sem sentir a chamada fome fisiológica, ou seja, comemos por alegria, tristeza, estresse, euforia ou paixão. Na maioria das vezes, o motivo que nos leva a comer é, na última das hipóteses, a fome-física, a tal fome real. Essa – sim – nada mais é, que um sinal do nosso organismo indicando que precisa ser nutrido.

Coma mais proteínas

Um estudo demonstrou que houve aumento de 42% no gasto energético basal após o consumo de uma dieta rica em proteínas e pobre em carboidratos, explicado pela elevação da gliconeogênese. Além disso, esse nutriente também é capaz de dar mais saciedade – ou seja, fazer com que você sinta menos fome. No entanto, mesmo que haja evidências de que a proteína é benéfica para o emagrecimento, é importante ressaltar que o ideal é realizar um acompanhamento com um nutricionista.

Evite bebidas alcoólicas

Com certeza você já ouviu falar que o álcool não é amigo de uma vida saudável. Além de predispor o aparecimento de algumas doenças, ele tem a capacidade de atrapalhar o processo de emagrecimento. O álcool possui grandes quantidades de calorias, perdendo apenas para as gorduras, que apresentam em torno de 9 kcal/g. Além desse fator, ele é capaz de modificar o metabolismo e, na maioria dos casos, acaba favorecendo o sobrepeso, dependendo da quantidade ingerida.

Adicione spirulina na sua alimentação

A spirulina é uma cianobactéria muito consumida devido sua interessante diversidade nutricional, que já a levou a ser considerada “O Melhor Alimento para o Futuro” pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Um estudo, que teve como objetivo investigar os possíveis efeitos da spirulina sobre as medidas antropométricas, o apetite e os parâmetros metabólicos em indivíduos obesos ou com sobrepeso, sugeriu que a cianobactéria – que pode ser ingerida em cápsulas – apresenta efeitos benéficos.

Adicione alimentos com poucos ingredientes na composição

Independentemente do produto, é recomendado ler a lista de ingredientes. Os ingredientes em maior abundância, sempre estão em primeiro lugar e por aí vai. É pelo rótulo que descobrimos se um alimento tem excesso de gordura, açúcar e sódio. Em geral, os alimentos ultraprocessados possuem um número elevado de ingredientes e, sobretudo, opções com nomes pouco familiares e não usadas em preparações culinárias.

Prefira opções alimentares integrais

Diferentemente dos alimentos refinados, os integrais apresentam a maior parte dos nutrientes conservados e uma grande quantidade de fibras. Devido a essas características nutricionais, esses alimentos estimulam naturalmente a saciedade e, por isso, acabam entrando para a lista de dicas para emagrecer. Como exemplos podem ser citados: pão integral, arroz integral e farinhas integrais, como aveia, linhaça, quinoa, entre outras.

Exclua bebidas açucaradas

O açúcar por si só é ruim, mas o açúcar líquido consegue ser ainda pior, pois esse tipo de bebida apresenta alta densidade calórica. Refrigerantes e sucos de caixinha são exemplos a serem evitados. Estudos mostram que as calorias do açúcar líquido pode ser um dos fatores que mais influencia no aumento de peso na dieta moderna. Por exemplo: um estudo clínico mostrou que o consumo de bebidas adoçadas com açúcar está associado à obesidade em crianças.

21 dicas para emagrecer
Qual o melhor inibidor de apetite natural?

Qual o melhor inibidor de apetite natural?

Para descobrir o melhor inibidor de apetite natural, primeiro entenda como funcionam: eles agem contribuindo para que a sensação de saciedade prolongue-se por mais tempo. Se você precisa reduzir ou controlar o seu peso e sofre com a vontade incontrolável de comida, a adesão de alguns alimentos ou suplementos naturais para esse fim são muito interessantes. Além de auxiliar na redução da fome, podem proporcionar outros benefícios, como, por exemplo, regulação intestinal, efeito termogênico, entre outros.

Abacate

Essa deliciosa fruta já sofreu muito preconceito no mundo das dietas por ser considerada gordurosa e, portanto, rica em calorias. Porém, a verdade é que o abacate oferece excelentes benefícios para a saúde e é um alimento muito versátil para ser utilizado em receitas. Em sua composição estão gorduras monoinsaturadas, consideradas saudáveis, e também fibras. Ambas auxiliam no aumento da saciedade e, por isso, em quantidades adequadas, o abacate é um aliado nos processos de emagrecimento e no controle de peso.

Aveia

Esse cereal é bastante consumido no café da manhã, já que é altamente nutritivo para começar o dia com energia e, ao mesmo tempo, ajuda a manter a saciedade. Esse efeito da aveia no organismo é oferecido pela sua composição, rica em fibras e proteínas. Suas fibras aumentam de tamanho no estômago quando entram em contato com a água, dando maior sensação de plenitude estomacal. Por sua vez, as proteínas demoram mais tempo para serem digeridas, auxiliando também nessa questão e na redução da fome.

Azeite de oliva

Classificado como um alimento fonte de gordura monoinsaturada, o azeite de oliva ajuda a promover o aumento do colesterol bom (HDL) e diminuir o colesterol ruim (LDL), prevenindo assim, doenças ligadas ao coração e ao aparelho circulatório no geral. Ainda, o conteúdo rico em gorduras boas desse alimento auxilia para que o processo de digestão seja mais lento. Para incluí-lo na dieta é muito fácil, já que pode ser utilizado em várias preparações, como saladas, peixes, massas, carnes e até como acompanhamento no pão, por exemplo.

Polpa do coco

Excelente fonte de fibras e alto teor de gorduras boas, o coco tem a capacidade de promover o aumento da sensação de saciedade, o que faz com que atue como um ótimo inibidor de apetite natural. No entanto, sua composição também oferece outros benefícios. O coco é rico em ácido láurico, um ácido graxo que tem grande ação anti-inflamatória no organismo, contribuindo contra o aparecimento de doenças e no tratamento de desordens – incluindo a acne. Além disso, a fruta auxilia no bom funcionamento do intestino.

Proteínas

O consumo de proteínas também é indicado como uma ótima estratégia nutricional para aumentar a sensação de saciedade. Isso porque a alta quantidade do macronutriente faz com que a digestão dos alimentos seja mais lenta no corpo. Ainda, algumas carnes são fontes de lipídios que também ajudam nos efeitos de saciedade. É importante ressaltar que as gorduras das carnes vermelhas não são muito saudáveis e, portanto, é recomendado preferir as brancas, como peito de frango e peixes, incluindo tilápia, salmão e atum. Opções de proteínas veganas também são excelentes!

Leites e queijos

Leites e queijos fazem parte dos lácteos com grande teor de proteínas e gorduras e, assim como as carnes, também auxiliam na sensação de saciedade e são indicados como inibidores de apetite. No entanto, como qualquer outro alimento, é preciso ficar atento às quantidades ingeridas. Geralmente, quanto mais brancos forem os queijos, menos gordurosos são e maiores quantidades de cálcio e proteínas possuem. Por outro lado, queijos mais amarelos apresentam mais lipídios e menor densidade dos outros nutrientes. Quanto ao leite, o integral tem mais gordura que o desnatado.

Experimente o Naturbio

No site da Ocean Drop você encontra o Naturbio, um suplemento funcional, que apresenta na composição dois dos alimentos da lista acima para ajudar no controle da saciedade: Psyllium e Spirulina. Além disso, Ágar-ágar e Berinjela estão presentes para completar os melhores ingredientes naturais do Oceano e da Terra a fim de auxiliar você no controle da sua dieta.

Experimente o Natúrbio