Carregando...

Vitaminas para disfunção erétil

A disfunção erétil afeta homens em todo o mundo. Embora seja comum acreditar que essa condição é causada por questões psicológicas ou relacionadas à idade, existem vários outros fatores que podem contribuir para o seu desenvolvimento, incluindo a falta de vitaminas.

As vitaminas do complexo B, por exemplo, são um dos exemplos que podem ajudar a prevenir e tratar a disfunção erétil. Neste texto, vamos discutir os principais nutrientes que desempenham papel importante na saúde sexual masculina.

Causas da disfunção erétil

A disfunção erétil (ou impotência sexual) pode ser causada por uma variedade de fatores físicos e mentais, como:

  • doenças cardiovasculares: hipertensão, aterosclerose e doenças do coração podem afetar a saúde dos vasos sanguíneos e prejudicar a circulação sanguínea necessária para uma ereção adequada; 
  • diabetes: essa doença pode danificar os nervos e vasos sanguíneos, o que pode levar a disfunção erétil; 
  • problemas de saúde mental: condições, como ansiedade, estresse e depressão, podem afetar o desejo sexual e levar a disfunção erétil; 
  • lesões na medula espinhal ou na região pélvica: uma causa rara, porém importante de disfunção sexual, é perda de sensibilidade na região genital após traumas de coluna com lesão da medula ou na região pélvica;
  • abuso de substâncias: o uso excessivo de álcool, tabaco e outras drogas pode afetar negativamente a saúde sexual;
  • efeitos colaterais de medicamentos: certos fármacos, como os usados para tratar a hipertensão, podem causar disfunção erétil;
  • envelhecimento: devido a desordens orgânicas, ao envelhecer, principalmente a partir dos 60 anos de idade, a saúde sexual masculina pode ser afetada.

Tratamentos para disfunção erétil

Algumas maneiras de tratar a disfunção erétil incluem:

  • terapia oral: inibidores da PDE-5, como sildenafil (Viagra®), tadalafil (Cialis®) e vardenafil (Levitra®), são medicamentos que ajudam a relaxar os músculos lisos dos corpos cavernosos do pênis para aumentar o fluxo sanguíneo;
  • injeção: alprostadil, um medicamento para disfunção erétil, pode ser administrado com uma injeção diretamente no pênis;
  • dispositivos de vácuo: esses dispositivos são usados para ajudar a aumentar o fluxo sanguíneo no pênis e mantê-lo ereto durante a atividade sexual;
  • cirurgia: em alguns casos, a cirurgia pode ser necessária para inclusão de prótese ou condições subjacentes que estão causando a disfunção erétil;
  • psicoterapia: a terapia sexual e cognitivo-comportamental pode ajudar a tratar a ansiedade, a depressão e outros problemas psicológicos que podem estar causando ou agravando a disfunção erétil;
  • suplementação: há vitaminas para disfunção erétil que podem ajudar.

É importante consultar um médico para determinar a melhor abordagem de tratamento para sua condição individual. Algumas opções de tratamento podem não ser adequadas para todas as pessoas ou podem ser contraindicadas com base em outras condições de saúde.

Qual a vitamina indicada para disfunção erétil?

Não existe uma vitamina específica que seja indicada para a disfunção erétil. No entanto, alguns nutrientes, como as vitaminas do complexo B (B3 e B9), a vitamina E e a vitamina D podem desempenhar um papel na saúde sexual masculina. Além disso, uma dieta equilibrada rica em nutrientes é importante para a saúde geral, incluindo a saúde sexual.

Vitamina B9

Um estudo de caso-controle mostrou que a suplementação com ácido fólico (vitamina B9) melhorou a função erétil em pacientes com disfunção erétil vasculogênica idiopática, reduzindo os níveis de homocisteína no sangue periférico e no pênis.

Vitamina B3

O estudo "Efeito da niacina na função erétil em homens que sofrem de disfunção erétil e dislipidemia" investigou o impacto da niacina (vitamina B3) na função erétil em homens com disfunção erétil e dislipidemia (níveis anormais de lipídios no sangue). Os resultados mostraram que a suplementação de niacina melhorou a função erétil nesses pacientes.

Vitaminas C e E

Um estudo de revisão com o objetivo de avaliar o impacto do estresse oxidativo e das vitaminas C e E na fertilidade masculina. Os resultados mostraram que o estresse oxidativo pode afetar negativamente a fertilidade masculina, mas as vitaminas C e E podem ter um efeito protetor e melhorar os resultados da fertilidade, reduzindo o estresse oxidativo.

Vitamina D

Uma revisão sistemática e meta-análise verificou a relação entre deficiência de vitamina D e disfunção erétil. Os resultados mostraram que existe uma associação entre baixos níveis de vitamina D e um risco aumentado de disfunção erétil. O estudo sugere que a suplementação de vitamina D pode melhorar a função erétil em homens com deficiência do nutriente.

É importante lembrar que as vitaminas podem ser obtidas através de uma dieta saudável e equilibrada, e que os suplementos não devem ser usados como substituto para o tratamento médico adequado da disfunção erétil. Se você estiver preocupado com a disfunção erétil, é importante consultar um médico para avaliar suas opções de tratamento.

Conteúdo escrito por Rafaela Galvão, publicitária pela ESPM-SUL e estudante do 7˚ semestre de nutrição na Unisul. Desenvolve projetos de comunicação e produção de conteúdo para a área da saúde desde 2016.

Aproveite e veja também

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.