Carregando...

Explorando a influência da vitamina B12 na saúde das plaquetas

A vitamina B12 desempenha um papel crucial em diversos processos vitais do organismo, incluindo a produção adequada de células sanguíneas, como as plaquetas. Quando os níveis de vitamina B12 estão baixos, pode ocorrer uma redução na produção de plaquetas, levando a problemas de coagulação sanguínea e aumentando o risco de complicações de saúde.

Neste texto, vamos compreender como a relação entre a vitamina B12 e as plaquetas torna-se essencial para garantir o bem-estar e a saúde vascular.Exploraremos como a vitamina B12 pode ser utilizada para aumentar as plaquetas e manter a saúde sanguínea, abordando estratégias de suplementação, tratamento e estilo de vida que podem auxiliar nesse processo.

O que são plaquetas?

As plaquetas, também conhecidas como trombócitos, desempenham um papel crucial no nosso sistema sanguíneo. São células responsáveis pela coagulação do sangue, o que significa que têm um papel fundamental na prevenção de hemorragias e na cicatrização de lesões. Além disso, as plaquetas desempenham um papel importante no combate a várias doenças, incluindo o câncer e outras condições crônicas. Em resumo, as plaquetas são essenciais para a saúde vascular e para o funcionamento adequado do nosso organismo.

O papel da vitamina B12 na produção de plaquetas

A vitamina B12 desempenha um papel fundamental na produção e na saúde das plaquetas no sangue. Quando há uma deficiência dessa vitamina, como ocorre na anemia perniciosa, a absorção inadequada de vitamina B12 dos alimentos leva à diminuição da produção de hemácias, leucócitos e plaquetas no organismo. Essa condição resulta não apenas na anemia, mas também em plaquetas baixas, afetando a capacidade do corpo de coagular adequadamente o sangue e combater infecções.

O tratamento para a anemia perniciosa e a deficiência de vitamina b12 envolve a administração de injeções intramusculares dessa vitamina, já que a absorção oral pode ser ineficaz. Embora a anemia perniciosa não tenha cura, a terapia regular com vitamina b12 pode manter os níveis de plaquetas, leucócitos e hemácias dentro da faixa normal, garantindo a saúde e o bem-estar do paciente. Também é possível ter deficiência de B12, sem a presença de anemia perniciosa.

Sinais de deficiência de vitamina B12 relacionados às plaquetas

É crucial notar que quando a deficiência de vitamina B12 atinge um ponto em que afeta a contagem de plaquetas, pode indicar a presença de anemia perniciosa. Sendo assim, os sintomas podem incluir:

  • fraqueza;
  • falta de ar;
  • palidez;
  • tontura;
  • formigamento;
  • diminuição de sensibilidade;
  • alterações cognitiva;
  • perda de força muscular.

Exames e diagnóstico

O diagnóstico de deficiências ou problemas relacionados à vitamina B12 e às plaquetas geralmente envolve uma série de exames laboratoriais específicos. Entre eles, estão incluídos:

  • hemograma: um exame de sangue que pode revelar a contagem de plaquetas, bem como outras células sanguíneas importantes;
  • dosagem de vitamina B12: um teste para avaliar os níveis de vitamina B12 no sangue, identificando possíveis deficiências;
  • dosagem de gastrina: teste que mede os níveis do hormônio gastrina, que está relacionado ao trato gastrointestinal e pode ser afetado em casos de anemia perniciosa;
  • dosagem de anticorpos antifator intrínseco e anticorpos anti-célula parietal: esses testes verificam a presença de anticorpos que podem estar associados à anemia perniciosa;
  • endoscopia digestiva alta com biópsias: em casos mais complexos ou quando há suspeita de complicações gastrointestinais, a endoscopia pode ser necessária para avaliar o revestimento do trato digestivo e realizar biópsias.

Esses exames laboratoriais fornecem informações essenciais para o diagnóstico preciso de deficiências de vitamina B12 e problemas relacionados às plaquetas, permitindo que os profissionais de saúde identifiquem a causa subjacente dos sintomas e prescrevam o tratamento adequado.

Tratamento e suplementação para aumentar as plaquetas

Para equilibrar os níveis de vitamina B12 e manter a saúde das plaquetas, existem diversas abordagens de tratamento e suplementação disponíveis:

Alimentação balanceada

Uma dieta rica em ácido fólico, vitamina C, vitamina B12 e ferro pode estimular a produção de plaquetas. Alimentos como espinafre, feijão preto, fígado de boi, ovos, ostras, carne, peixe, frutos do mar e frutas cítricas são fontes desses nutrientes essenciais. É importante evitar o consumo de bebidas alcoólicas, pois estas podem prejudicar a função das plaquetas.

Suplementos alimentares

Vitamina B12 aumenta plaquetas? Se essa for a causa, sim. Em casos de deficiência de vitamina B12, suplementos contendo essa vitamina, juntamente com ácido fólico, ferro ou vitamina C, podem ser recomendados. Estes suplementos devem ser usados com orientação médica, especialmente quando a deficiência de vitamina B12 é identificada como causa das plaquetas baixas.

Uso de medicamentos

Para tratar doenças autoimunes que afetam as plaquetas, como a púrpura trombocitopênica imune, podem ser prescritos medicamentos, como corticoides, imunossupressores, anticorpos monoclonais e imunoglobulinas. Em casos específicos, podem ser indicados medicamentos como eltrombopague olamina ou romiplostim para aumentar as plaquetas.

Transfusão de plaquetas

Quando os níveis de plaquetas estão muito baixos e há risco de sangramento grave, a transfusão de plaquetas pode ser necessária. Este procedimento é realizado em hospitais ou hemocentros e pode ser indicado pelo hematologista.

Troca de plasma

Em casos de distúrbios na coagulação sanguínea, como na púrpura trombocitopênica trombótica, a troca de plasma pode ser recomendada para remover anticorpos ou outros componentes do sangue que estão causando problemas.

Retirada do baço

Em condições em que o aumento do baço está comprometendo a produção de plaquetas, a retirada do baço pode ser uma opção de tratamento. Isso é especialmente relevante em casos de cirrose, onde o baço aumentado pode armazenar uma grande quantidade de plaquetas, reduzindo sua disponibilidade no sangue.

É importante ressaltar que a suplementação de vitamina B12 para aumentar plaquetas só é recomendada quando a deficiência dessa vitamina é identificada como causa das plaquetas baixas, sendo essencial buscar orientação médica para o diagnóstico correto e o tratamento adequado.

Com o objetivo de oferecer informações precisas e relevantes, o conteúdo foi escrito pela equipe Ocean Drop e cuidadosamente revisado pela nutricionista Suelen Santos da Costa, CRN10 7816. Suelen é graduada pela Universidade Federal de Pelotas e possui Pós-Graduação em Nutrição Clínica Funcional pela VP Centro de Nutrição Funcional.

Aproveite e veja também

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.