Carregando...

Remédio caseiro para cistite: conheça 5 opções

Para aliviar os sintomas e auxiliar no tratamento, o uso de remédio caseiro para cistite vem sendo amplamente estudado. Há diversas opções caseiras para tratar a cistite que vão desde alguns chás específicos, banho de assento com ervas, até a suplementação de Cranberry.

Além de serem mais acessíveis, os tratamentos caseiros podem funcionar como coadjuvante no combate aos sintomas da cistite. Confira abaixo o que é bom para cistite.

Remédio caseiro para cistite: 5 opções

1. Chás de Cavalinha e Hibiscus

Os chás que apresentam efeito diurético são bem-vindos como auxiliares no tratamento da infecção na bexiga, pois eles induzem a eliminação da urina e, com ela, dos microrganismos que estão causando a cistite. 

Além disso, os chás feitos com essas plantas apresentam compostos bioativos com potencial anti inflamatório, que trará alívio nos sintomas, como ardência e dor. Portanto, o chá de cavalinha e hibiscus funcionam como um ótimo remédio natural para cistite.

Um estudo de revisão realizado em 2020, afirma que o tratamento através de terapias alternativas, entre elas plantas medicinais, tem se mostrado eficaz na prevenção de patologias do trato urinário. Ele sugere que os constituintes fitoquímicos presentes, agem modulando o estresse oxidativo, impedindo a fixação e proliferação de microrganismos causadores da infecção.

2. Chá verde

Outro chá bastante usado como remédio caseiro para cistite, é o chá verde. Feito a partir das folhas da Camellia sinensis, o chá verde é uma bebida barata, segura, facilmente encontrada e muito saudável.

Além de seus efeitos anti inflamatórios, vasoprotetores, antioxidantes, antivirais e neuroprotetores, segundo estudo, o chá verde possui compostos químicos, chamados catequinas, que apresentam efeito antimicrobiano, importante para combater infecções bacterianas. 

O estudo ainda afirma que o chá verde tem se mostrado um eficiente coadjuvante no tratamento de cistite. 

3. Chá do extrato de alho

Quase todos os antibióticos farmacológicos estão sujeitos a enfrentar resistência bacteriana. Isso ocorre quando a bactéria começa a modificar pequenas partes de sua composição, capazes de resistir aos antibióticos usados, minando as opções e levando o paciente ao uso de medicamentos cada vez mais fortes.

Por isso, o uso de fitoterápicos com propriedades antibacterianas têm sido tão difundido. Além do chá verde, o chá do extrato de alho também apresenta essa característica e é capaz de ser utilizado como um remédio caseiro para cistite. 

Um recente estudo analisou os efeitos da atividade antimicrobiana do extrato de alho sobre a Escherichia coli, causadora de cerca de 95% dos casos de cistite. Ele concluiu que o uso do extrato de alho pode impedir que o organismo patogênico aumente sua resistência aos antibióticos, auxiliando no tratamento para cistite.

4. Banho de assento com ervas

O banho de assento com ervas é uma prática antiga usada para aliviar as dores e o desconforto associados à cistite. Este método consiste em sentar-se em uma bacia ou banheira com água morna, à qual se adicionam ervas medicinais como camomila, barbatimão ou a erva de uva-ursina.

Conforme estudos, o calor da água auxilia na circulação sanguínea e no relaxamento dos músculos pélvicos, enquanto os compostos ativos das ervas ajudam a reduzir a inflamação e combater a infecção. A prática do banho de assento com ervas pode ser feita por cerca de 15 a 20 minutos, uma ou duas vezes ao dia.

5. Suplementação de Cranberry

Além dos chás e extratos, um bom remédio caseiro para cistite é o suplemento de Cranberry.  A cistite, infecção na bexiga causada, especialmente, por bactérias, é combatida pelo efeito antimicrobiano presente no suplemento de Cranberry. 

Segundo estudo clínico, compostos presentes no Cranberry ajudam a prevenir que a bactéria causadora de cistite chegue no trato urinário, além de potencializar o efeito dos antibióticos comumente utilizados no tratamento.

Outro estudo multicêntrico realizado com mulheres com cistite crônica, apontou que o uso do Cranberry associado ao própolis, reduziu significativamente a incidência de ITUs durante os primeiros 3 meses e atrasou o início de um episódio de cistite.

Benefícios do uso de remédio caseiro para cistite

Remédios caseiros para cistite podem auxiliar muito no tratamento, como complemento no alívio dos sintomas e, até, potencializando o efeito do medicamento farmacológico utilizado.

Os remédios caseiros são fáceis de fazer, mais econômicos, boas evidências e alto nível de segurança. Recomendamos que você converse com seu médico a respeito do uso do remédio caseiro para cistite que escolher fazer.

Precauções ao usar remédios caseiros

Caso você tenha sintomas, o mais indicado, antes de iniciar qualquer tipo de tratamento, é procurar um médico urologista para correto diagnóstico, para indicar o tratamento adequado e qual o melhor remédio caseiro para cistite.

De maneira geral, os remédios caseiros para cistite não causam nenhum efeito adverso na grande maioria das mulheres. No entanto, cada organismo é único e há sempre alguma possibilidade de  efeitos colaterais inesperados. Se isso acontecer, informe seu médico e interrompa o tratamento imediatamente.

Além dos remédios caseiros para cistite abordados, é fundamental pontuar a importância de beber água! Ao menos 2 a 2,5 litros de água por dia é o recomendado para manter a saúde da bexiga em dia e eliminar as bactérias causadoras de cistite por meio da urina.

Aproveite e veja também

Quais são os sintomas da cistite?

Os sintomas clássicos da cistite, incluem:

  • dor durante e após urinar;
  • queimação e ardência durante e após urinar;
  • urgência para urinar;
  • maior frequência urinária.

Em casos mais graves, também pode aparecer sangue na urina, dores e desconforto na região pélvica.

O que é cistite?

A cistite é a inflamação e infecção do trato urinário, mais especificamente da região da bexiga. Sua principal causa é a proliferação de uma bactéria conhecida como Escherichia coli., presente no trato gastrointestinal.

Há muita confusão entre a cistite e infecção urinária, visto que ambas são infecções que acometem o trato urinário e apresentam sintomas muito parecidos. A grande diferença está no local infectado, enquanto a infecção urinária acomete o sistema urinário, desde os rins até a uretra (canal por onde sai a urina), na cistite o comprometimento é da bexiga, onde a urina fica armazenada.

Atualmente, o tratamento farmacológico de primeira linha para cistite são: fosfomicina, nitrofurantoína e trimetoprima. Antibióticos são usados apenas em casos mais graves, pois seu uso contínuo pode causar resistência bacteriana e piorar o quadro.

Referências

Artigo escrito por Joana Mazzochi, formada em Administração Empresarial pela UDESC e em Nutrição pela UNIVALI (CRN-10/10934). Além de produzir conteúdo sobre nutrição e saúde, atende pacientes que desejam melhorar a relação com a alimentação.

Conteúdo revisado por Rafaela Galvão, graduada em Publicidade e Propaganda pela ESPM-SUL e também em Nutrição pela UNISUL. Desde 2016 trabalha em projetos de comunicação direcionados para a área da saúde.

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.