Carregando...

Proteína da ervilha: o que é, para que serve e benefícios

Em meio à busca por opções de suplementos alimentares que promovam uma alimentação balanceada e saudável, a proteína da ervilha surge como uma alternativa inovadora e repleta de benefícios para aqueles que buscam uma fonte proteica de alta qualidade e plant-based. 

Ao contrário da ideia de que as proteínas de alta qualidade estão restritas a fontes animais, a proteína de ervilha emerge como uma opção completa de aminoácidos essenciais, tornando-se uma escolha viável para vegetarianos, veganos e para aqueles que buscam diversificar suas fontes proteicas. 

Neste artigo, exploraremos os benefícios, características distintivas e maneiras inteligentes de incorporar a proteína de ervilha em sua dieta diária.

O que é proteína de ervilha e para que serve?

A busca por opções saudáveis de suplementos proteicos tem levado ao destaque as alternativas vegetais, como a proteína da ervilha. Ao contrário da ideia comum de que proteínas de qualidade só podem ser obtidas a partir de fontes animais, a proteína da ervilha é uma excelente alternativa.

Essa fonte proteína vegetal possui um perfil nutricional robusto, sendo rica em aminoácidos essenciais. A proteína de ervilha destaca-se por ser uma opção completa, atendendo às necessidades de quem busca diversificar a ingestão proteica sem depender de produtos de origem animal.

Benefícios da proteína de ervilha

Optar pelo consumo de proteína de ervilha oferece uma série de benefícios. Aqui estão alguns dos principais aspectos positivos associados a essa proteína:

1. Fonte completa de aminoácidos

A proteína de ervilha é uma fonte completa de aminoácidos essenciais, fundamentais para a síntese de proteínas no organismo. Essa característica a torna uma opção valiosa para dieta vegana e vegetariana.

2. Fácil digestão

Comparada a outras fontes de proteína, como a do soro de leite, a proteína de ervilha é facilmente digerida. Isso a torna uma escolha gentil para pessoas com sensibilidade digestiva ou problemas gastrointestinais.

3. Baixo potencial alergênico

Livre de glúten e lactose, a proteína de ervilha é adequada para indivíduos com intolerância ou alergias alimentares. Além disso, apresenta um baixo potencial alergênico em comparação com algumas proteínas vegetais.

4. Promove saciedade

A ingestão de proteína de ervilha contribui para a sensação de saciedade, auxiliando no controle de peso e na manutenção de uma dieta equilibrada.

5. Suporte muscular e recuperação

Rica em aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs), essenciais para a síntese e recuperação muscular pós-exercício, a proteína de ervilha é uma escolha popular entre atletas e entusiastas do fitness.

6. Nutrição sustentável

A produção de proteína de ervilha demanda menos recursos naturais em comparação com a proteína animal, tornando-a uma opção mais sustentável e amiga do meio ambiente.

Como ela é produzida?

A proteína de ervilha, uma opção plant-based, é obtida por meio de um processo meticuloso que envolve a trituração dos grãos de ervilha e a aplicação de uma enzima específica. Esse método visa separar o amido, um carboidrato, da valiosa proteína.

Durante a produção, os grãos de ervilha são submetidos a um processo de trituração, quebrando sua estrutura e liberando os componentes internos. Em seguida, a enzima especial é aplicada para realizar a separação eficiente do amido, deixando a proteína isolada.

Esse cuidadoso procedimento resulta em uma proteína de ervilha pura, livre de amido e outros elementos indesejados. A qualidade desse processo contribui para a obtenção de uma fonte de proteína completa, com todos os aminoácidos essenciais, pronta para agregar valor nutricional às dietas plant-based e atender às necessidades de diversos consumidores, principalmente aqueles que buscam por fontes de proteína vengana

Aproveite e veja também

Como tomar?

A incorporação da proteína de ervilha na sua rotina alimentar pode ser feita de maneira prática e eficaz. Aqui estão algumas dicas e recomendações:

  • consuma a proteína de ervilha em pó idealmente após o treino para maximizar a absorção e facilitar a recuperação muscular. Pode ser também utilizada como parte de uma refeição ou lanche proteico ao longo do dia;
  • consulte as instruções do fabricante para determinar a dosagem adequada, levando em consideração suas necessidades individuais de proteína;
  • experimente adicionar a proteína de ervilha em pó a smoothies, shakes, iogurtes ou receitas de panificação para diversificar seu consumo;
  • considere suas preferências pessoais ao escolher o sabor da proteína de ervilha em pó, tornando sua experiência mais agradável.

 

Lembre-se sempre de consultar um profissional de saúde ou nutricionista para orientações personalizadas com base em suas necessidades específicas.

Referências

Conteúdo escrito pela nutricionista Suelen Santos da Costa, CRN10 7816. Suelen é graduada pela Universidade Federal de Pelotas e possui Pós-Graduação em Nutrição Clínica Funcional pela VP Centro de Nutrição Funcional.

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.