Carregando...

6 benefícios do uso de Óleo de Babaçu para a pele

O óleo de babaçu (Orbinya speciosa), também conhecido como óleo de cusi, tem origem vegetal. Devido seus incríveis benefícios para a saúde e aparência da pele, é utilizado como componente em cosméticos da área de beleza, principalmente. Ele também pode ser aplicado puro ou misturado com outros óleos vegetais diretamente sobre o seu “cartão de visitas”. Seu cheiro é agradável, embora bem característico. Sua composição rica em ácido láurico e vitamina E é a responsável pelos efeitos percebidos a curto e a longo prazo.

A extração do óleo de babaçu é realizada das sementes da palmeira de coco babaçu, que produz os frutos dispostos em cachos. Essa palmeira é de grande porte, chegando até 30 m de altura, tem origem brasileira e é encontrada principalmente na região amazônica e mata atlântica do Estado da Bahia.

Composição do óleo de babaçu

Diversos ácidos graxos, como ácido láurico, ácido mirístico, ácido palmítico, ácido esteárico, ácido oleico, ácido linoléico, entre outros, encontram-se na composição do óleo de babaçu. O ácido láurico é o que aparece em maior quantidade. Ele apresenta propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias que ajudam a proteger a pele da contaminação de bactérias e fungos, por exemplo.

Um estudo que avaliou esse efeito em diferentes ácidos graxos, observou que o ácido láurico foi o melhor atuante como inibidor do crescimento de microrganismos entre os vinte estudados. Além disso, o óleo de babaçu contém vitamina E. Esse nutriente atua como um potente antioxidante, sendo responsável por neutralizar a ação dos radicais livres – agentes que favorecem o envelhecimento da pele. A vitamina E também é capaz de estimular a produção de colágeno, fundamental para manter a firmeza e integridade cutânea. Por isso, óleos que contém vitamina E ajudam a promover a cicatrização de feridas.

6 benefícios do óleo de babaçu para a pele

Agora que você já conheceu os componentes e algumas propriedades do óleo de babaçu, deve estar se perguntando sobre os seus benefícios. Na pele, ele desempenha efeitos emolientes, hidratantes, anti-acne, anti-aging, entre outros. Veja mais a seguir sobre cada um deles:

1. Emoliência

O óleo de babaçu pode ser utilizado para amaciar e suavizar todos os tipos pele, pois é um ótimo emoliente. Mesmo quem sofre com pele oleosa, não precisa ficar com receio de usá-lo, pois é absorvido rapidamente, sem aumentar a oleosidade.

2. Hidratação

O óleo de babaçu funciona como um hidratante para a pele, uma vez que é rico em vitamina E e ácidos graxos, que são dois excelentes agentes naturais para essa função. Isso significa que ele contribui para reter o teor de água da pele, mantendo-a macia e úmida.

3. Firmeza e integridade

Como mencionado, a firmeza e integridade da pele são proporcionadas pelo colágeno, já que ele tem importância fundamental na constituição da matriz do tecido conjuntivo. A vitamina E, presente composição do óleo de babaçu, é uma das responsáveis por estimular a produção da proteína.

4. Regeneração

Também pela presença de vitamina E, o óleo de babaçu auxilia no processo de regeneração celular. Dessa forma, ele contribui para acelerar a cicatrização da pele, útil para manchas de acne, rachaduras causadas pelo frio e até queimaduras e cortes superficiais.

5. Ação anti-acne

A acne é uma desordem de caráter inflamatório e o óleo de babaçu, com suas propriedades anti-inflamatórias, torna-se um grande aliado para os cuidados que visam a sua prevenção e controle. Inclusive, é indicado para amenizar a vermelhidão causado pelas espinhas.

6. Ação anti-aging

Por apresentar abundância de vitamina E na composição, a ação antioxidante do óleo de babaçu ajuda a combater os radicais livres. Essas substâncias, em grandes quantidades, aceleram o envelhecimento da pele. Por isso, ele desempenha efeito anti-aging.

Cosméticos com óleo de babaçu

Para que você possa se beneficiar dos efeitos do óleo de babaçu na pele, você pode adquiri-lo na versão pura e também através de produtos que o tenham como base ou parte da composição. O óleo puro apresenta-se como gordura à temperatura ambiente. Por isso, sua textura varia em líquida ou sólida e sua cor em mais branca ou levemente amarelada. Em cosméticos de beleza, o óleo de coco babaçu vem ganhando presença nos últimos tempos. Esse fato é extremamente justificável apenas com a leitura da sua lista de benefícios, não é verdade?! No entanto, a fama também permanece entre os consumidores após o uso, que relatam que alguns dos seus efeitos podem ser percebidos mesmo a curto prazo.

Aproveite e veja também

3 outras aplicações do óleo de babaçu

Além dos benefício para a pele, o óleo de babaçu pode ser usado em casa para tratar os cabelos, fazer massagens e até como ingrediente ou substituto de outros óleos na cozinha. Você sabia?! Realmente muito versátil! Confira:

1. Melhora da microbiota intestinal

Nos cabelos, o óleo de babaçu ajuda a repor a camada de lipídios danificada dos fios. Assim como na pele, ele oferece ação emoliente, conferindo um toque de maior maciez. Além disso, também contribui para controlar o frizz e para obtenção de um couro cabeludo mais saudável.

2. Massagem

O óleo de babaçu é um ótimo agente para massagem, pois proporciona nutrição para a pele e auxilia a desinflamá-la. Ele também ajuda no combate ao envelhecimento e, através de sua capacidade emoliente, confere toque macio e preservação da elasticidade natural.

3. Alimentação

O óleo de babaçu pode ser utilizado no preparo de diversas receitas ou, ainda, como substituto de algum óleo já presente na rotina alimentar. Dessa forma, tem a capacidade de auxiliar no cozimento de alimentos e temperos para saladas, por exemplo.

Óleo de coco x óleo de coco babaçu

O uso de óleos vegetais para cuidar da saúde e da beleza está sendo cada vez mais difundido. Isso acontece principalmente pelo aumento da porcentagem populacional de adeptos ao veganismo e de pessoas que preferem alternativas naturais para os mais diversos fins. Mas, diante de tantas opções, fica a dúvida: é melhor utilizar o óleo de coco ou óleo de coco babaçu? A resposta para essa pergunta é que ambos produtos têm propriedades muito semelhantes, com poucas diferenças na composição e usos. No entanto, o óleo de babaçu contém mais ácido láurico.

Óleo de babaçu x ômega 3

O óleo de babaçu e o ômega 3 são dois tipos de gorduras que apresentam tanto semelhanças quanto diferenças importantes em suas características e benefícios para a saúde. Ambos são conhecidos pelo impacto positivo no bem-estar cardiovascular. 

No entanto, enquanto o óleo de babaçu é extraído das amêndoas de babaçu e é rico em ácidos graxos saturados como o ácido láurico, o ômega 3 é um ácido graxo poliinsaturado, encontrado principalmente em peixes e algas.  

Além disso, o óleo de babaçu pode ser utilizado em diversas aplicações culinárias e industriais, devido à sua estabilidade térmica, ao passo que o ômega 3 é frequentemente consumido como suplemento alimentar.

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.