Carregando...

O que é astenia: causas, sintomas e formas de tratamento

Você já sentiu cansaço excessivo, falta de energia e uma sensação persistente de exaustão? Se a resposta for sim, você pode estar sofrendo de astenia. Mas o que é astenia? Essa condição é caracterizada, principalmente, pela fadiga e falta de energia que vai além do cansaço normal após atividades diárias, podendo afetar significativamente a qualidade de vida das pessoas.

A astenia pode ser debilitante, impactando tarefas rotineiras, desempenho no trabalho e relacionamentos pessoais. Neste artigo, vamos explorar as causas, sintomas, possíveis abordagens de tratamento da astenia e muito mais sobre o assunto, visando recuperar a energia e vitalidade necessárias para aproveitar ao máximo a vida.

O que é astenia?

A astenia é uma condição caracterizada por fraqueza, falta de energia, cansaço físico e intelectual, tremores, lentidão nos movimentos e espasmos musculares. Pode ser temporária ou crônica e ter diversas causas, como gripes, problemas de tireoide, deficiências vitamínicas ou exposição a tratamentos como quimioterapia. Ela não desaparece mesmo após o repouso, sendo causada por problemas metabólicos, imunológicos ou psíquicos. É importante consultar um médico em caso de astenia para identificar a causa e iniciar o tratamento adequado.

Quais os tipos de astenia?

Existem dois tipos de astenia: orgânica e psíquica. A astenia orgânica pode ser um sintoma de doenças sérias, como diabetes, anemia ou esclerose múltipla, mas também pode ocorrer em casos mais comuns, como infecções virais. A astenia psíquica, também conhecida como neurastenia, a falta de força está relacionada à exaustão mental ou depressão. Quando os sintomas não se encaixam em nenhum dos exemplos, o paciente pode ser diagnosticado com a síndrome da fadiga crônica que pode ocorrer sem nenhuma doença identificável e pode afetar tanto adultos quanto crianças.

Principais sintomas da astenia

A astenia é caracterizada pela falta de força no organismo, resultando em falta de estímulo, vontade e disposição para realizar movimentos físicos ou mentais. Além disso, podem ocorrer problemas de concentração, distúrbios do sono, falhas de memória, alterações no apetite e diminuição da libido sexual. Confira a lista completa de sintomas da astenia:

  • fraqueza muscular e dores (astenia mialgia ou astenia muscular);
  • falta de concentração e memória;
  • sonolência;
  • desânimo;
  • perda de interesse em atividades anteriormente prazerosas;
  • dificuldade em realizar tarefas diárias;
  • irritabilidade;
  • falta de apetite;
  • diminuição da libido.

A astenia intensa ou crônica pode afetar negativamente a qualidade de vida de uma pessoa, interferindo nas atividades cotidianas e nas relações sociais. Por isso, preste atenção no seu corpo e, caso sinta a necessidade, procure ajuda.

Causas da astenia

Existem diversas causas físicas e mentais que podem contribuir para a astenia. Algumas delas são:

1. Diabetes

A diabetes pode levar à astenia devido às alterações no metabolismo e à dificuldade do organismo em utilizar a glicose adequadamente, resultando em falta de energia.

2. Doenças cardíacas

Problemas cardíacos, como insuficiência cardíaca, podem comprometer o fluxo sanguíneo e a oxigenação dos tecidos, levando à sensação de fraqueza e fadiga.

3. Anemia

A anemia, caracterizada pela baixa contagem de glóbulos vermelhos ou níveis baixos de hemoglobina, resulta em uma oxigenação insuficiente dos tecidos, ocasionando em fraqueza e cansaço.

4. Distúrbios da tireoide

Tanto o hipotireoidismo (baixa atividade da tireoide) quanto o hipertireoidismo (alta atividade da tireoide) podem causar astenia devido ao desequilíbrio hormonal que afeta o metabolismo.

5. Infecções persistentes

Infecções crônicas ou persistentes, como infecções virais ou bacterianas de longa duração, podem levar à astenia devido ao impacto no sistema imunológico e ao consumo de energia para combater a infecção.

6. Insônia

Distúrbios, como insônia, apneia do sono ou síndrome das pernas inquietas podem interferir na qualidade do sono, resultando em fadiga e falta de energia durante o dia.

7. Deficiências nutricionais

A falta de nutrientes essenciais, como vitaminas, minerais ou proteínas, pode levar à astenia devido à diminuição da função metabólica e energética do organismo. A deficiência de vitamina B12, por exemplo, pode ter um impacto significativo no funcionamento adequado do organismo, podendo levar a várias alterações corporais, como astenia, anemia, falta de ar, perda de memória, problemas visuais e irritabilidade, entre outros sintomas.

8. Efeitos colaterais de certos medicamentos

Alguns medicamentos podem causar astenia como efeito colateral, afetando o equilíbrio químico do corpo ou causando sedação.

9. Gripe

A gripe é uma infecção causada pelo vírus influenza que, além de causar astenia, provoca sintomas como febre, tosse, dor de garganta, espirros e congestão nasal, podendo durar de 5 a 7 dias.

10. Anemia

A anemia é uma condição caracterizada pela redução dos níveis de hemoglobina no sangue, uma proteína presente nos glóbulos vermelhos que transporta oxigênio para os órgãos. Além do cansaço extremo, a anemia pode se manifestar por sintomas como falta de ar, palidez e sonolência. Existem diversas causas que podem levar ao desenvolvimento dessa doença.

11. Depressão

O cansaço excessivo e a falta de vontade para realizar atividades diárias são sintomas frequentes em pessoas com depressão. Essa doença afeta o humor, resultando em tristeza profunda, persistente e desproporcional, que dura por mais de 2 semanas e não tem uma causa clara.

12. Astenia primaveril

A chegada da primavera pode desencadear astenia em algumas pessoas, especialmente quando há uma transição súbita para dias mais quentes e mudanças na pressão atmosférica e umidade do ambiente. A astenia primaveril é mais comum em mulheres entre 20 e 50 anos de idade. Parece que fatores, como estresse, ansiedade e carga de trabalho excessiva podem aumentar o risco de desenvolver astenia primaveril. Além disso, essa condição pode afetar o sistema imunológico, tornando a pessoa mais suscetível a infecções.

Como saber se tenho astenia?

A astenia é caracterizada por uma sensação persistente de fadiga e falta de energia. Se você está se perguntando se tem astenia, fique atento aos seguintes sintomas:

  • fadiga extrema: sentir-se constantemente cansado e sem energia, mesmo após períodos adequados de descanso e sono;
  • fraqueza física: experimentar uma perda de força muscular e dificuldade para realizar atividades físicas;
  • dificuldade de cognição: ter problemas para se concentrar, ter lapsos de memória e dificuldade em manter o foco em tarefas;
  • distúrbios do sono: ter dificuldade em adormecer, sono não reparador ou cansaço mesmo após uma noite de sono;
  • alterações no apetite: perder o interesse na comida, ter perda ou aumento do apetite de forma significativa;
  • redução da libido: experimentar uma diminuição do desejo sexual e falta de energia para atividades íntimas;

Se você está experimentando vários desses sintomas de forma persistente, é importante consultar um profissional de saúde para um diagnóstico adequado e discussão de possíveis causas da sua fadiga e astenia.

Como aliviar o cansaço físico e mental?

Existem várias estratégias que podem ajudar a aliviar o cansaço físico e mental. É importante descansar adequadamente, dormindo cerca de sete horas por noite, além de gerenciar o estresse e equilibrar atividade física com momentos de descanso. 

Uma alimentação saudável e a hidratação ao longo do dia também são fundamentais. Fazer pausas regulares em tarefas que exigem muito esforço mental ou físico, praticar atividades prazerosas e considerar buscar apoio profissional caso os sintomas atrapalhem a qualidade de vida são medidas importantes. 

Outra forma interessante de lidar com esses sintomas é a suplementação de vitaminas e nutrientes, como as presentes em vitamina para dar energia e disposição. Por exemplo: uma revisão de estudos, que levou em conta mais de seis mil participantes, apontou a vitamina B12 como um bom apoio para quem deseja mais vitalidade. Outra pesquisa mostrou que um mix de vitaminas do complexo B e outros nutrientes podem ajudar a combater a fadiga física e mental.

A coenzima Q10 é outro suplemento conhecido por ajudar em casos de astenia, porque a coq10 é uma substância que desempenha um papel crucial na produção de energia. Inclusive, baixos níveis de coenzima Q10 estão associados a astenia e fadiga crônica. 

Estudos * mostram que a suplementação com coenzima Q10 pode melhorar os sintomas da astenia, como fadiga, fraqueza muscular e falta de energia.

Como evitar astenia?

Agora que você já sabe o que é astenia, que tal falarmos sobre a prevenção? Embora nem sempre seja possível evitar completamente a astenia, existem medidas que você pode tomar para reduzir o risco de desenvolvê-la ou minimizar seus efeitos. Algumas delas envolvem manter um estilo de vida saudável, priorizar seu descanso físico e mental, evitar a sobrecarga e fazer exames de saúde regulares para identificar causas subjacentes.

Tratamento para astenia

O tratamento da astenia varia de acordo com sua causa. No caso da astenia orgânica, que é resultado de uma doença específica, o tratamento se concentra em curar a condição subjacente. Já a astenia funcional, relacionada a fatores psíquicos, pode ser abordada através da modificação de hábitos prejudiciais, como excesso de trabalho e falta de organização, além de evitar situações de estresse.

A administração de antidepressivos pode ser considerada como parte do tratamento, mas somente sob a orientação de um médico qualificado. Além disso, é importante adotar hábitos saudáveis, como ter uma boa qualidade de sono, seguir uma alimentação equilibrada e praticar exercícios físicos regularmente, para prevenir ou combater a astenia.

Conteúdo escrito por Thais Montin, jornalista formada pela Unisinos e estudante de psicologia na College of The Redwoods. Trabalha com comunicação digital desde 2013, escrevendo sobre saúde, bem-estar, moda e muito mais.

Conteúdo revisado por Rafaela Galvão, acadêmica do 8˚ semestre de nutrição na Unisul. Desenvolve projetos de comunicação e produção de conteúdo para a área da saúde desde 2016.

Aproveite e veja também

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.