Carregando...

Mudanças de humor: conheça suas causas e tratamentos

Você já teve um dia em que acordou se sentindo radiante e cheio de energia, apenas para, algumas horas depois, se ver submerso em uma névoa de melancolia? Saiba que você não está sozinho. Mudanças de humor são uma parte intrínseca da experiência humana e podem ocorrer por uma variedade de razões, algumas das quais são perfeitamente normais e outras que merecem atenção especial.

Neste artigo, exploraremos a intrigante natureza da mudança de humor. Vamos lá?

O que são mudanças de humor?

Mudanças de humor se referem a variações nas emoções e estados emocionais de uma pessoa ao longo do tempo. Elas envolvem alterações na disposição emocional, que podem ir desde sentimentos de alegria e euforia até sentimentos de tristeza, raiva, ansiedade, irritabilidade e apatia. Essas mudanças podem ser abruptas e repentinas ou ocorrer gradualmente ao longo de um período de tempo.

Mudanças de humor são uma parte natural da experiência humana e podem ser desencadeadas por uma série de fatores, que vão desde questões biológicas até condições médicas.

Fatores comuns que causam oscilações de humor

A mudança de humor pode ser causada por uma série de fatores, incluindo:

  • fatores biológicos: mudanças nos níveis de hormônios, como os hormônios sexuais (por exemplo, durante o ciclo menstrual), podem afetar o humor. Além disso, desequilíbrios químicos no cérebro, como baixos níveis de serotonina, podem contribuir para flutuações de humor;
  • estresse: problemas no trabalho, problemas financeiros, relacionamentos tensos ou eventos traumáticos, podem desencadear mudanças de humor repentinas;
  • sono: a privação de sono ou distúrbios do sono podem levar a oscilações emocionais;
  • alimentação e nutrição: a falta de nutrientes essenciais ou a ingestão de alimentos ricos em açúcar e processados podem afetar negativamente o equilíbrio emocional;
  • exercício: a prática regular de atividade física pode melhorar o humor, enquanto a falta de exercício pode contribuir para flutuações emocionais;
  • condições médicas: distúrbios hormonais, distúrbios de saúde mental (por exemplo, transtorno bipolar) e condições neurológicas podem causar mudança de humor;
  • ambiente: o ambiente em que uma pessoa se encontra, incluindo o clima e a exposição à luz solar, pode influenciar seu humor;
  • relacionamentos: problemas ou conflitos nos relacionamentos pessoais podem desencadear mudanças de humor.

Mudança de humor na gravidez

Durante a gravidez, as mulheres frequentemente experimentam mudanças de humor devido a uma série de fatores. As flutuações hormonais desempenham um papel significativo, uma vez que os níveis de estrogênio e progesterona aumentam consideravelmente. Além disso, o estresse, a ansiedade e as preocupações com o futuro, como a saúde do bebê e o parto, podem afetar o bem-estar emocional. 

A fadiga, problemas de sono e o enjoo matinal também contribuem para as oscilações emocionais. Mudanças físicas no corpo, como ganho de peso e inchaço, podem afetar a autoestima. 

Portanto, o apoio social, especialmente do parceiro e da família, desempenha um papel importante na gestão dessas mudanças. As mulheres devem comunicar suas emoções e preocupações a profissionais de saúde para receber o apoio necessário ao longo da gravidez.

Aproveite e veja também

A influência das vitaminas do complexo B no humor

As vitaminas do complexo B desempenham um papel essencial na manutenção da saúde mental e podem ter influência significativa no humor. Elas desempenham várias funções no corpo, incluindo a regulação do sistema nervoso central. Algumas das vitaminas do complexo B mais relevantes para o humor incluem:

  1. vitamina B1 (tiamina): estudos mostram que a tiamina desempenha um papel na produção de neurotransmissores, substâncias químicas que transmitem sinais no cérebro. A deficiência de tiamina pode levar a problemas neurológicos, incluindo irritabilidade e depressão;
  2. vitamina B6 (piridoxina): a piridoxina é importante na síntese de neurotransmissores como a serotonina, a dopamina e a noradrenalina, que, segundo pesquisas, desempenham um papel fundamental na regulação do humor. A deficiência de vitamina B6 pode contribuir para distúrbios do humor e ansiedade;
  3. vitamina B9 (ácido fólico): outros estudos indicam que o ácido fólico desempenha um papel crucial na formação de neurotransmissores e na manutenção da saúde do sistema nervoso. A deficiência de ácido fólico tem sido associada a sintomas de depressão e distúrbios do humor;
  4. vitamina B12 (cobalamina): a vitamina B12 é fundamental para a saúde do sistema nervoso e para a produção de mielina, que reveste os nervos. Pesquisas apontam que a deficiência de B12 pode causar sintomas neurológicos, incluindo mudanças de humor, confusão e irritabilidade.

Transtornos de humor: de irritabilidades a condições mais sérias

Os transtornos de humor são condições psiquiátricas que afetam o estado emocional de uma pessoa de forma persistente e significativa. Eles vão além das flutuações emocionais normais. 

O transtorno bipolar é um exemplo notável. Ele é caracterizado por oscilações extremas entre episódios de mania e depressão. Essas oscilações são duradouras, impactam a vida diária e podem ter causas subjacentes, como fatores genéticos e desequilíbrios químicos no cérebro.

A diferença chave entre transtornos de humor e oscilações normais de humor reside na persistência, gravidade e impacto na vida cotidiana. Os transtornos de humor demandam intervenção clínica, incluindo terapia e, em alguns casos, medicação, enquanto oscilações normais são geralmente transitórias e não requerem tratamento médico. 

A linha entre eles pode ser tênue, tornando importante buscar orientação de um profissional de saúde mental para avaliação e tratamento adequados quando necessário. O diagnóstico precoce e o tratamento podem melhorar o bem-estar emocional e a qualidade de vida.

Abordagens terapêuticas para mudanças de humor

Alguns tipos de tratamento que podem ajudar nas mudanças de humor são:

  • terapia cognitivo-comportamental (TCC): a TCC é uma abordagem terapêutica que ajuda as pessoas a identificar e modificar padrões de pensamento e comportamento negativos, contribuindo para oscilações de humor;
  • suplementação: como mencionamos acima, pesquisas apontam que a vitamina B é essencial para a saúde mental. Por isso, suplementos do complexo B podem auxiliar na síntese de neurotransmissores e, consequentemente, em um humor mais equilibrado;
  • mudanças no estilo de vida: manter uma dieta equilibrada, fazer exercícios regularmente, praticar técnicas de relaxamento e garantir um sono adequado pode ajudar a regular as mudanças de humor;
  • mindfulness e meditação: práticas de mindfulness e meditação podem ajudar a aumentar a consciência emocional e reduzir o estresse, contribuindo para um melhor controle das oscilações de humor;

Por fim, se você acredita que suas mudanças de humor estão atreladas a uma condição médica, consulte um profissional. Em casos mais extremos, medicações podem ser indicadas para controlar as oscilações mais graves e tratar transtornos específicos.

Artigo escrito por Thais Montin, jornalista formada pela Unisinos e estudante de psicologia na Rogue College. Trabalha com comunicação digital desde 2013, escrevendo sobre saúde, bem-estar, moda e muito mais.

Conteúdo revisado por Rafaela Galvão, graduada em Publicidade e Propaganda pela ESPM-SUL e também em Nutrição pela UNISUL. Desde 2016 trabalha em projetos de comunicação direcionados para a área da saúde.

Você ganhou um super presente!

Olá, tudo bem? Seja bem-vindo(a) ao nosso oceano de superalimentos.

Você recebeu o convite de um amigo(a) para nutrir o seu corpo com os melhores ativos dos oceanos e da Terra.

Por isso, você ganhou R$50,00 de desconto no seu primeiro pedido.

Basta escolher os seus produtos e ver o seu desconto na etapa de pagamento. Qualquer dúvida fale com a nossa equipe através do chat.